TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

ANTROPOLOGIA E CULTURA BRASILEIRA

Por:   •  10/5/2014  •  8.849 Palavras (36 Páginas)  •  565 Visualizações

Página 1 de 36

ANT02005 - ANTROPOLOGIA E CULTURA BRASILEIRA (ON.013) - 201110.20138 (201110.20138) > FERRAMENTAS > AS MINHAS AVALIAÇÕES > VISUALIZAR TENTATIVAS > AVALIAÇÃO DE REVISÃO: ATIVIDADE 1

Avaliação de Revisão: Atividade 1

Usuário

Enviado

Nome Atividade 1

Situação Completada

Resultado 1 em 1 pontos

Instruções

Pergunta 1 0,1 em 0,1 pontos

Leia com atenção a afirmativa abaixo:

“A idéia de Cultura como capital cognitivo está presente nas origens clássicas da cultura ocidental, fundamento para a própria noção de modernidade

(esclarecimento), base da tradição evolucionista da antropologia do século XIX e ainda presente no senso comum da cultura urbana.”

Resposta Selecionada: Verdadeiro

Resposta Correta: Verdadeiro

Comentários: O significado clássico de Cultura está associado a idéia de conhecimento acumulado, ao aprimoramento do espírito através do cultivo do conhecimento, do progresso científico, o refinamento

pessoal, a urbanidade e à civilização; é algo mensurável, ou se tem ou não se tem. Dessa forma, a tradição é seu oposto, lugar da superstição, da ignorância e da repetição cega de

comportamentos irrefletidos e instintivos, isto é selvagens. Por isso é que, dentro dessa concepção do séc XIX, a Cultura é vista como capital cognitivo (conhecimento) desde as origens

clássicas da cultura ocidental (Grécia e Roma), fundamento para a própria noção de modernidade (esclarecimento), base da tradição evolucionista da antropologia do século XIX e ainda

presente no senso comum da cultura urbana. As sociedades da tradição são, neste sentido, compreendidas espécies de somatórias de ausências ou incompletudes – sem família, sem

religião, sem Estado, sem economia, sem cultura. O conhecimento tradicional expresso em construções simbólica de mitos, magias e práticas sociais, é concebido como caricatura deformada

do conhecimento racional e científico.

Pergunta 2 0,1 em 0,1 pontos

LEIA COMATENÇÃO O TEXTO ABAIXO E RESPONDA A QUESTÃO PROPOSTA:

“Os outros, aqueles que são diferentes de nós e com os quais não nos identificamos, mas que julgamos a partir de nós mesmos, ou seja, o que não conhecemos porém classificamos, conceitos prévios de algo

que não sabemos, a essência do preconceito (pré-conceito). Ao classificar algo que não conhecemos, utilizamos parâmetros exclusivamente nossos, assim, se chamamos alguém desconhecido de selvagem,

de bárbaro, estamos na realidade falando de nós mesmos, pois o outro certamente não possui nada do que erroneamente imaginamos, estamos vendo-os pela primeira vez, daí talvez a origem dos conflitos

culturais, pois sempre achamos que nós, nossa cultura, é a correta, a escolhida, a que foi abençoada por Deus.”. (BONETTI e RIBARIC, 2010).

A sociedade européia, ao classificar as outras culturas ao longo do processo histórico possui segundo COPANS (1971) a reação instintiva de classificá-los como exóticos. Esse traço é o que se chama em

Antropologia de:

Resposta Selecionada: Etnocentrismo;

Resposta Correta: Etnocentrismo;

Comentários: Segundo COPANS, 1971:14) “A reacção instintiva do Ocidente face aos povos exóticos é o etnocentrismo que implícita ou mesmo explicitamente, ajuíza das sociedades “não européias” pelo

modo europeu”.

Pergunta 3 0,1 em 0,1 pontos

Leia com atenção a afirmativa abaixo:

“Há um reconhecimento do poder criativo do povo brasileiro na incorporação de elementos populares como símbolos da Identidade Cultural Brasileira, tais como o samba a feijoada ou carnaval. Porém, nunca

houve um tratamento equilibrado entre os incentivos às expressões das Culturasl Populares (sejam as tradicionais ou as novas e urbanas como o Hip-hop) e os mecanismos de proteção e fomento às

manifestações artísticas e das indústrias culturais”

Essa afirmação é:

Resposta Selecionada: Verdadeiro

Resposta

...

Baixar como (para membros premium)  txt (64 Kb)  
Continuar por mais 35 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com