TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

De Que Forma Um País Pode Crescer Se Op Que Mais Ocorre é A Violação Dos Direitos Humanos ?

Por:   •  30/5/2014  •  532 Palavras (3 Páginas)  •  236 Visualizações

Página 1 de 3

Brasil, um pais que tenta ocupar o ranking entre as maiores potencias mundiais, prefere abrir mão de garantias que nos foram dadas - apesar de dificilmente respeitadas – e pouco importa que nossos direitos sejam feridos. Pois vimos que as VIOLAÇÕES DOS DH estão sendo recorrentes, em nome do “crescimento brasileiro”. Como explicar que para crescer faz-se necessário INVOLUIR? Sim, involuir, pois uma vez que direitos adquiridos estejam sendo minimizados, violados em sua integralidade, estamos retrocedendo.

Um país que mantem o vergonhoso índice de 24,8% de analfabetos, enquanto que a ONU, na Declaração Universal dos DH declara que todos têm direito a educação, tem condições de estar entre as maiores potencias mundiais?

Sabemos que nos últimos 25 anos, o país tenha tido avanços significativos na diminuição da pobreza e na construção de um Estado livre e democrático, porém, os casos de violações ainda são muitos. Isto é, digo muito, apoiada nos relatos nos quais tenho conhecimento. Visto que casos e casos não chegam ao nosso conhecimento por diversos motivos. Posso até destacar um exemplo do quanto nossos direitos estão sendo negados, citando o alto índice de mortes violentas, onde 80% envolvem jovens. O “curioso”, é que essas mortes são registradas como “AUTO DE RESISTENCIA”. Tomo como base, o Mapa da Violência de 2012, onde são mostrados que de 1981 a 2010, nada mais que 176 mil pessoas com idade entre 16 e 19 anos, foram vítimas dessa violência.

Cerca de 150 mil jovens morreram por auto de resistência. Um numero bastante expressivo de JOVENS INFRATORES. E o que mais em deixa alarmada, é que esta pesquisa aponta que o número de mortes entre brancos caiu cerca de 20%, e o de negros CRESCEU 25%. Logo, bastante surpreendente que a grande maioria dessas mortes aconteceu nas mãos da polícia, que sejam na grande maioria jovens negros e pobres.

O que posso concluir, é que o chamado auto de resistência dá liberdade para que a polícia execute pessoas suspeitas sem o menor pudor. Evidenciando assim que o DIREITO A VIDA está cerceado.

Não podemos esquecer que aliado as mortes violentas tipificadas como auto de resistência, existem os casos de tortura que também crescem acirradamente. E, infelizmente, o Brasil não detém nenhuma política de prevenção a tortura.

Parafraseando o ex-ministro da Justiça José Eduardo Cardozo, que disse: “As prisões brasileiras são verdadeiras sucursais do inferno, prefiro morrer a ser preso (sic)”. A meu ver, o sistema enxerga esse quadro de horror que as prisões brasileiras mantêm como “algo pontual”. Uma vez que são conhecedores de que apenados são tratados de forma DESUMANA, e não elaboram um programa de RESSOCIALIZAÇÃO (funcional, é óbvio).

Finalizando; um país que consegue manter um quadro negativo em vários segmentos – saúde, educação, condição social, trabalho...

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3.3 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com