TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Questionario Do Filme - Quanto Vale Ou é Por Quilo

Artigos Científicos: Questionario Do Filme - Quanto Vale Ou é Por Quilo. Pesquise 804.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  21/4/2014  •  1.173 Palavras (5 Páginas)  •  22.429 Visualizações

Página 1 de 5

Acadêmica: Juliane santos de Oliveira

2º CC

Questionário do filme – Quanto vale ou é por quilo

1. Justiça significa respeito à igualdade de todos os cidadãos. É o principio básico que tem o objetivo de manter a ordem social através da preservação dos direitos em sua forma legal. Na primeira cena do filme a justiça falhou, pois a negra alforriada foi roubada e mesmo tendo liberdade não conseguiu recuperar seus escravos e ainda perdeu o julgamento por ter ofendido quem lhe havia roubado seus escravos. A justiça funcionou na cena onde representa a indenização paga ao dono do escravo, após o golpe do senhor que lhe havia tomado por emprestado.

2. A escravidão não acabou totalmente, ela apenas mudou a sua forma, mais ainda continua existindo.

3. A escravidão da atualidade é representada, por trabalhadores das lavouras de corte de cana de açúcar, nas grandes fazendas onde os trabalhadores, gastam tudo que tem para conseguir se manter vivos, também é representada pelas favelas onde todos trabalham para conseguir se manter.

4. O filme relata as favelas, como um local de gente muito pobre, onde as pessoas não têm muitas esperanças, um local carente de doações, um local cheio de marginais, quando o carro de Ricardo fica atolado perto de um acena de crime, é quando Ricardo pensa que será assaltado , quando na verdade as pessoas o ajudaram.

5. O filme mostra que as ONGs estão somente atrás do dinheiro publico.

6. No Brasil há sim seriedade mais, como a quantidade de ONGs serias são muito poucas, o perfil do Brasil é mostrado como um pais onde roubar é muito fácil e sem perigo.

7. No Marketing o importante é que haja sim a seriedade, mais o filme mostra que para atingir o resultado esperado é necessário usar de desonestidade, para atingir mais forte o publico alvo.

8. Caridade é um sentimento ou uma ação altruísta de ajudar o próximo sem buscar qualquer tipo de recompensa.Doação é o ato de dar um bem próprio a outra pessoa, geralmente alguémnecessitado, ou a uma instituição. Doação de tempo, e atenção.

9. O termo assistencialismo é uma espécie de jargão criado possivelmente por brasileiros que representam a política tradicional e que foi amplamente utilizado pela imprensa com o objetivo de oferecer uma conotação pejorativa do conceito de assistência, obrigação que contraem os governos com seus cidadãos por meio de uma constituição pela qual se assinala o caráter dignidade de todo ser humano sem distinções de tipo algum, e pela qual o governo há de assisti-los, no que se refere à subsistência mínima básica como no caso dos seguintes direitos. O Brasil é um país assistencialista.

10. As duas ONGs, acredito eu que brigaram porque cada uma queria ter um maior reconhecimento, com isso quanto mais necessitados elas atendessem maio seria o seu credito social.

11. Quando um pessoa faz doações para alguém que necessita, ela está ajudando esta pessoa, e isso é o que foi incentivado pelas escrituras da Bíblia, assim a pessoa se sentirá em paz pois está cumprindo com os mandamentos de Deus.

12. Acredito que de certa forma seja sim, pois aceitando o dinheiro emprestando, Monica adquire uma obrigação de devolver todo o dinheiro em troca de seus serviços, assim ela vai trabalhar sem receber. Acontece também na cena onde mostra que a viúva compra a escrava também viúva, e esta por sua vez tem que trabalhar para pagar todo o dinheiro emprestado.

13. Os esquemas de corrupção são mostrados principalmente na festa de premiação das organizações que praticam a caridade, quando todos falam em formas de usufruir de forma ilícita do dinheiro publico, também a menção e estes esquemas nos projetos de caridade.

14. Monica decide criar uma menina negra pois ela é muito zelosa, trabalha muito bem e não precisa receber.

15. O crescimento das penitenciarias é correto porque aumenta a disponibilidade de empregos, e diminui o acumulo de presidiários em certos presídios.

16. Acredito que aumentando o numero de penitenciarias no Brasil pode sim diminuir o índice de violência nas ruas, desde que as leis vigentes no país funcionem corretamente, e que os presos, a cumpram rigorosamente, e não apenas dêem uma visitada no presídio.

17. O personagem de lazaro ramos compara a prisão com um navio negreiro, devido ás mas condições, e a superlotação que

...

Baixar como (para membros premium)  txt (7.3 Kb)  
Continuar por mais 4 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com