TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Respostas Das Perguntas 4 E 5 Do Livro Teoria Geral Do Direito

Por:   •  16/3/2014  •  294 Palavras (2 Páginas)  •  200 Visualizações

Página 1 de 2

4. Qual a função da intuição e da racionalização no conhecimento?

Todo conhecimento, considerando-se o termo em acepção estrita, nasce da intuição. Antes mesmo de sermos capazes de identificar certos objetos por meio das idéias, os intuímos, ou seja, temos uma sensação direcionada, mas incerta de sua existência e é esta sensação que dirige todos os outros atos da consciência humana voltados à formação e justificação das proposições. Primeiro intuímos, depois racionalizamos para que nossa consciência aceite o objeto conhecido como tal. Por meio da racionalização o intelecto justifica e legitima as proposições construídas (e, em última instância, a intuição) tornando-as verdadeiras para o sujeito cognoscente. Neste sentido, os raciocínios são adaptáveis à intuição e, portanto, não são puros, ainda que indispensáveis ao conhecimento, uma vez que legitimam.

5. Relacione: (i) linguagem e (ii) realidade, explicando a sentença: "O conhecimento nos dá acesso às definições. Não conhecemos as coisas em si, mas o significado das palavras dentro do contexto de uma língua e o significado já não depende da relação com a coisa, mas do vínculo com outras palavras".

Temos para nós que a realidade não passa de uma interpretação, ou seja, de um sentido atribuído aos dados brutos que nos são sensorialmente perceptíveis. Não captamos a realidade, tal qual ela é, por meio da experiência sensorial (visão, tato, audição, paladar e olfato), mas a construímos atribuindo significado aos elementos sensoriais que nos apresentam. O real é, assim, uma construção de sentido e como toda e qualquer construção de sentido dá-se num universo lingüístico. É nesse contexto que trabalhamos com a afirmação segundo a qual a linguagem cria ou constrói a realidade. Não utilizamos a linguagem para manipular o real, mas antes, ela nos determina e nela se dá a criação daquilo que chamamos de realidade.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (1.9 Kb)  
Continuar por mais 1 página »