TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Sistema De Custos Setor Público

Pesquisas Acadêmicas: Sistema De Custos Setor Público. Pesquise 793.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  12/4/2013  •  380 Palavras (2 Páginas)  •  705 Visualizações

Página 1 de 2

A aplicabilidade de um sistema de custos no Setor Público está inserida no contexto atual em que é exigido do gestor público uma atuação com um foco mais gerencial, ou seja, priorizando resultados. Desta forma, se faz necessária a utilização de instrumentos que forneçam insumos para auxiliá-lo na tomada de decisões. Nesse contexto, a gestão de custos consiste na sua identificação, por meio de sistemas complementares, e na adoção do melhor critério de custeio para alocação ao produto.

Entre os sistemas clássicos, estão o custeio por absorção, resultante da apropriação de todos os custos incorridos aos produtos, e o custeio variável ou direto, em que apenas os custos variáveis (se alteram de acordo com a quantidade produzida) são atribuíveis aos produtos. Já o custeio por atividades (ABC) é um método que procura reduzir a arbitrariedade do rateio dos custos indiretos, identificando as atividades mais relevantes no processo de geração de um produto e valendo-se da premissa de que são essas as maiores geradoras de custos.

O conceito de departamentalização está intimamente ligada à visão por atividade. Trata-se de separar o processo de geração de um produto por etapas. Por exemplo, na produção de uma camisa, podemos ter o departamento de tintura, o de acabamento e o de embalagem. Assim, a departamentalização apresenta as seguintes vantagens: reduz o rateio arbitrário, elimina atividades que não agregam valor, possibilita a adoção de um maior controle de qualidade e facilita o rastreamento do estágio de produção de um produto.

Diferentemente do custeio ABC, o variável prioriza a visão gerencial por unidade produzida. Por isso, são alocados apenas os custos diretamente identificáveis. A informação gerada estabelece uma relação próxima com a margem de contribuição, resultado do preço de venda do produto, deduzido do custo por unidade. Este último é fornecido pelo sistema variável.

O sistema ABC apresenta várias inovações em relação aos demais métodos, motivo pelo qual vem se mostrando como um importante instrumento de excelência gerencial. Até então, os critérios para rateio dos custos não eram objetivos e mudavam de acordo com a discricionariedade do gestor. Além disso, não estava claro quais áreas eram os responsáveis pelos maiores custos incorridos. Com o ABC, é possível melhorar os esforços para aquelas atividades que trazem maiores benefícios e agregam resultados para a entidade, alcançando o objetivo de melhoria da eficiência.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.5 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com