TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Termos e definições que apesar de criticados, servem como manutenção de poderes.

Por:   •  6/4/2021  •  Resenha  •  927 Palavras (4 Páginas)  •  8 Visualizações

Página 1 de 4

Tema: Termos e definições que apesar de criticados, servem como manutenção de poderes.

É notável que desde os antropólogos evolucionistas, termos e definições acerca de povos estudados, eram cheios de etnocentrismo e eurocentrismo, tendo em vista que para esses antropólogos as sociedades ditas “primitivas” corriam para alcançar a civilização, a visão deles sobre esses povos gerariam analises equivocadas sobres seus costumes e seus intelectos. Em uma tentativa de separar - de forma que o ocidental ficasse acima - os povos recebiam termos que só cabiam a eles e os diminuam.

No texto de Arjun Appadurai, colocando a hierarquia no seu lugar (1992), ele narra como a palavra nativo vai tomando novos sentidos, mas de modo equivocado. O termo nativo tem um sentido contraditório na história da antropologia, na falta de melhores termos para se referir a aqueles que eram objetos de estudos, escolheram nativo como um modo de evitar definições, tais qual, primitivos, mas mesmo esse termo não tem muito distanciamento das ideias que pretendem se afastar. Durante todo o texto o sentido do nativo muda aos poucos, primeiro a palavra nativo, de uma forma geral, rápida e simples, remete a alguém originário de algum lugar, logo depois se pensa que na verdade nativos não são apenas pessoas que tem origem em algum lugar, mas que também estão presas e encarceradas ao local, logo após se descobre que eles também estão presos ao “modo de pensar”, repetem padrões de locais, gostos e etc.

Nesse ponto APPADURAI nota que eles, os antropólogos ocidentais, não se veem nativos de algum lugar, sendo nativo, um sentido geral e abrangente, que remete a pertencer ao seu local de origem, então por que os antropólogos chamam os povos que estudam de nativos e por que eles não se consideram também nativos de onde vem? A tendencia de aplicação desses termos ainda segue com a intenção de afastar esses povos de um status igualitário ao de uma pessoa ocidental, o termo se torna apenas mais uma definição que transfere um sentimento de eurocentrismo, mas ainda sim é repetido e usado sem muitas críticas por nós.

É possível notar que há diferenças entre definições atribuídas as minorias e a definições daqueles que pertencem ao mais alto grau da hierarquia social. Termos são redefinidos com o tempo, conforme surgem novas visões sobre determinado assunto, mas é interessante que a mudança somente surge se não influencia a manutenção dos poderes, se não influencia a visão do europeu ocidental civilizado como algo almejável. Nos artigos de Fredrik Barth e Marilyn Strathern, sobre o conceito de sociedade, os autores entregam críticas as definições de sociedade. Barth tece sobre como o conceito de sociedade, pensada de forma como agregados de pessoas e relações, é um grande equívoco, assim como entender a sociedade como uma totalidade que é formada e definida pelas partes, e que o mundo não é uma sociedade, ele luta fortemente contra esses conceitos universalistas, e que na verdade a sociedade são somas de ações e resultado dessas ações formando uma sociedade desordenada e aberta. Já Strathern, aponta o erro de unir sociedade e individuo como um só, e que indivíduo e sociedade devem ser separados, que modelos de pensamentos como este leva a sistemas de padronização, logo é necessário destacar a individualidade das pessoas, que algumas relações são mais internas nos indivíduos e não se pode captar isso de um forma geral, somente vendo a individualidade dessa pessoa.

Então qual a ligação do termo e definição de sociedade com o termo nativo? A quem se remete. As definições de sociedade também integram os grupos de maior hierarquia social, diferentemente do nativo que somente são empregados a sujeitos não ocidentais ou que pertencem a uma minoria. É mais fácil redefinir termos que também atinjam a eles, mas termos como nativo que raramente se empregam a pessoas brancas por exemplo, é muito mais difícil de se fazer renovar, claro que definições mais atuais e progressistas já existam, mas se eles não são conhecidos por todos, como a antiga definição pode ser esquecida?

...

Baixar como (para membros premium)  txt (5.8 Kb)   pdf (87.7 Kb)   docx (19.1 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com