TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Descarte- Quarta Parte Do Discurso

Por:   •  17/11/2014  •  248 Palavras (1 Páginas)  •  4.106 Visualizações

RESUMO TEXTUAL

(Descartes, Discurso do Método – Quarta parte)

Na quarta parte do Discurso do Método, Descartes vem com a intenção de falar para todos das suas descobertas, porem tem dúvida do interesse das pessoas sobre suas teorias por não serem tão comuns, e então ele faz suas reflexões e chega a conclusão, por mais que ele tentasse, não conseguia fazer de seu pensamento pura ilusão, pois ao tentar manter um pensamento ilusório ele já estava á pensar, daí vem sua famosa frase : “eu penso, logo existo.” Considerada por ele seu princípio uma espécie de arqué, por onde ele seguiria sua busca, e utilizando como técnica o fato de negar a existência de tudo, em busca de algo que fosse realmente verdadeiro.

Descartes tenta convencer fazendo uma reflexão sobre a existência de Deus e sua perfeição contrapondo com a alma humana, por serem criadas por um ser perfeito deveriam ter algo de verdadeiro, deveriam realmente existir e sobreviver por meio da existência de Deus, sendo tal perfeição única, mesmo se comparada com os objetos geométricos utilizado pelos geômetras. “O conhecer é perfeição maior que o duvidar”, para ele era essencial conhecer porem era preciso duvidar para chegar à conclusão da verdade, mas os pensamentos não seriam totalmente verdadeiros, pois não somos seres perfeitos, chegando Descartes considerar alma e corpo como algo distinto, pois mesmo o corpo sofrendo danos a alma seria a mesma. Somos então em tudo criação do perfeito Deus, sendo existência da verdade garantida pela existência dele.

...

Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com