TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Relação Da Teoria Ciêntifica Com O Filme Tempos Modernos De Charlie Chaplin 1936

Monografias: Relação Da Teoria Ciêntifica Com O Filme Tempos Modernos De Charlie Chaplin 1936. Pesquise 798.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  30/3/2014  •  1.315 Palavras (6 Páginas)  •  2.185 Visualizações

Página 1 de 6

1. INTRODUÇÃO

O trabalho é para relacionar as considerações da Teoria Científica de Taylor com as cenas do filme Tempos Modernos de Charlie Chaplin de 1936.

Esse filme foi considerado crítica aos maus tratos que os empregados passaram a receber depois da Revolução Industrial.

Charlie quis passar essa mensagem para a sociedade, inclusive a do homem sendo explorados como maquinas. Cada cena foi trabalhada para que chegasse a passar o que verdadeiramente estava acontecendo naquela época.

A metodologia utilizada foi a pesquisa bibliográfica, pesquisas na internet

2. RESENHA ACADÊMICA DO FILME TEMPOS MODERNOS DE CHARLIE CHAPLIN (1936)

O filme conta a história de um operário que trabalha em uma fábrica cuja o principal personagem é Carlitos (Charlie Chaplin), que realiza o trabalho repetitivo de apertar parafusos. De tanto apertar parafusos, o operário tem problemas de stress acaba entrando dentro das engrenagens, comparando assim o homem com a máquina e de tanto stress, tudo que ele vê pela sua frente, ele quer apertar, como faz com os parafusos na fábrica causando a maior confusão e acaba perdendo a razão e por conta disso acabam tendo que interná-lo em um Hospital.

Após sua recuperação recebe alta e sai do hospital sem rumo, sem emprego, e logo percebe que as fábricas estão fechadas. Ele vai caminhando para a calçada onde acaba percebendo que uma bandeira cair de um caminhão e sem saber do que se trata pega e balança a bandeira pra tentar avisar ao motorista do caminhão que caiu, só que não percebe que está tendo uma manisfestação nas ruas e ele fica na frente dos manifestantes, balançando a bandeira na qual os policiais chegam e entende como se ele fosse o líder da manifestação e o prende. Após passar um tempo na prisão, o operário é solto pela polícia por agradecimento, já que ele havia ajudado na prisão de um dos presos que tentava fugir da prisão.

Após essa parte do filme, aparece uma outra personagem que passa fome, e rouba comida para levar pra casa, pois o pai esta desempregado e além dela tem mais duas irmãs na qual são órfã de mãe. Sendo que o pai delas acaba morrendo em uma manifestação dos desempregados na rua na qual, as suas irmãs vão para o orfanato e ela consegue fugir.

Ela volta a roubar alimentos nas ruas na qual conhece o operário Carlitos, pois acaba de roubar um pão. E na hora que a polícia vai prende-la o Carlitos fica com pena da moça e assume a culpa no lugar dela, onde vai preso, só que em seguida já o solta pois descobre que foi ela e não ele.

Dai pra ele ir preso junto dela ele entra em um restaurante, come de tudo e na hora de pagar a conta diz que não vai pagar, só para ser preso e encontrar com ela novamente. E eles acabam presos numa mesma viatura, onde acontece um acidente onde eles conseguem fugir para morar juntos.

O operário consegue um emprego como segurança em uma loja na qual é logo despedido por não evitar um assalto e por dormir no trabalho. Saindo da loja encontra com a moça a qual diz ter uma surpresa, que foi ter encontrado uma casa para eles morar.

Carlitos então sai novamente a procura de um emprego, e consegue em uma outra fábrica, na qual tem a função de consertar máquinas. Durante uma greve na fábrica, Carlitos é preso mais uma vez, agora por desacatar a ordem do policial.

Alguns dias depois, ele é solto e a jovem o espera na saída da prisão para levá-lo a um novo emprego na qual a jovem conseguiu emprego como dançarina e arruma outro para ele, só que como garçom/cantor. Os dois são um sucesso, principalmente Carlitos que, durante uma improvisação de uma música, as pessoas o aplaudem como destaque da noite.

Mais para acabar com a festa, aparece a polícia, desta vez para prender a moça que fugiu para não ser levada para o orfanato. Carlitos e moça fogem e terão de começar tudo novamente.

O filme faz uma crítica ao sistema de trabalho adotado na época (Taylor) onde as pessoas se submetiam a enormes jornadas de trabalho, péssimas remunerações e condições de trabalho, a falta de incentivos aos trabalhadores, que na época acabou por contribuir para a marginalização das pessoas.

Portanto, o filme mostra a realidade dos operários e a dos patrões, e a desordem encontrada nos centros das cidades.

3. RELACIONAR AS CONSIDERAÇÕES DA TEORIA CIENTÍFICA DE TAYLOR COM AS CENAS E SITUAÇÕES RETRATADAS NO FILME:

Os operários da fábrica estavam sendo considerados como máquinas, sendo assim desrespeitados e vemos claramente no filme quando a máquina começa a correr mais rápido e os operários tendo que correr contra o tempo sem nem ter tempo de respirar direito e o personagem Carlitos como não consegue acompanhar a velocidade em que a máquina esta, acaba entrando dentro das engrenagens da máquina, deixando assim bem visível sua comparação com a mesma.

Taylor não considerava o trabalho do operário, para ele era mais que justo trabalhar e receber a remuneração pelo serviço prestado (produção), pois, para ele o homem era preguiçoso, como está sendo mostrado no filme, os operários sendo explorando o máximo sem levar

...

Baixar como (para membros premium)  txt (8.2 Kb)  
Continuar por mais 5 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com