TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Resenha Do Imperador E O Rei

Exames: Resenha Do Imperador E O Rei. Pesquise 801.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  5/4/2014  •  666 Palavras (3 Páginas)  •  627 Visualizações

Página 1 de 3

Resenha do Filme Barão de Mauá

Mauá – O Imperador e o Rei

O filme Mauá, o imperador e o rei, começa mostrando Irineu Evangelista de Souza ainda criança, nascido no Rio Grande do Sul.

Aos 6 anos de idade viu seu pai voltar a estância em que morava sem vida, assassinado por ladrões de gado. Passaram alguns anos o menino foi alfabetizado pela própria mãe, a quem passou a ensiná-lo português e matemática. Mais tarde, sua mãe casa novamente, e então, o recente marido não aceitava conviver com os filhos do casamento anterior. Obrigando a mãe entregar o filho ao tio, para que o levasse no Rio de Janeiro em busca de uma vida melhor.

Chegando ao Rio, com pensamentos de vencer os obstáculos e ajudar o Brasil a crescer. Conheceu o comerciante Antônio Pereira Almeida e, passou a trabalhar com ele por um determinado período, teve seu primeiro emprego como caixeiro, onde se deu início ao seu crescimento rumo ao sucesso.

Desde cedo, sempre mostrou interesse em economia e política, com sonhos em ver os escravos livres para que o comércio e a indústria brasileira pudessem progredir, e isso o motivou a mergulhar nos livros e adquirir conhecimentos, para que, torna-se um grande homem de negócios.

Para ele, o importante não era o Brasil ter ou ganhar muito ouro, porque isso já deixou claro que não faz o país crescer.

Para inicializar o crescimento, o importante era o Brasil ter ferro e carvão, para que pudesse gerar empregos e, consequentemente aumentando produtividade e nascendo novas indústrias e comércios livres, tais como também o surgimento de transportes para que o país pudesse se locomover. Enquanto o Brasil estivesse tratando os negros como escravos, seres humanos que não pensam, o país nunca sairia do lugar e tornar uma potência como a Inglaterra.

Em 1840, Irineu faz a sua primeira viagem à Inglaterra, naquela época as viagens eram longas, já que o único transporte para viagem exterior eram de navios. Lá pode conhecer a realidade capitalista e as grandes invenções que a Revolução Industrial pode causar no mundo.

No ano seguinte (1841), casou-se com sua sobrinha, naquela época era comum, relacionamento com familiares. Teve ao todo dezoito filhos, porém apenas doze nasceram com vida, entre eles, sete atingiram a maioridade e cinco sobreviveram à morte do pai, em 1889.

Irineu foi um dos fundadores do Banco do Brasil (1851), logo mais tarde, o banco veio a falir depois da crise do Uruguai, e teve que buscar soluções aos ingleses, mas o que ele não sabia, é os que ingleses estavam traindo-o e só queriam aproveitar dos benefícios e os lucros.

Foi também o grande responsável pela primeira ferrovia do Brasil, inaugurada no dia 30 de abril de 1854, no qual esteve presente Dom Pedro II, pode vê-lo chegando na primeira locomotiva.

Chegou aos 30 anos, tornando-se o homem mais rico do país, tendo um patrimônio maior do que o Império, sendo intitulado como Barão e, posteriormente tornou-se o Visconde de Mauá.

Mas, ele não parou por ai. À medida que o Brasil ia crescendo, tanto o país como o Irineu foram ficando mais forte, e isso fez com que ganhasse inimigos, até mesmo por parte de Dom Pedro II. Quando chegou a ser eleito deputado (1857), a empresa de Pontas

...

Baixar como (para membros premium)  txt (4 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com