TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

11 De Setembro

Por:   •  13/1/2014  •  2.007 Palavras (9 Páginas)  •  522 Visualizações

Página 1 de 9

UNIDADE 5

Cooperação ( ou interação?) na rede.

No final da década de 90, a web ainda não fazia parte do contexto da maior parte das escolas. Naquela época, as fontes de pesquisa restringiam-se ao material disponível no contexto local. Assim, os estudantes tinham como referência os livros disponíveis na biblioteca escolar, familiar (muitas famílias tinham coleções de enciclopédias em casa) ou pública. As informações eram restritas e o professor tinha papel central como detentor de informações.

A difusão da web revolucionou esse processo, pois a cooperação para a construção e partilha de saberes tomou uma dimensão global! A produção e atualização de informações passaram a crescer de forma explosiva, nunca antes conhecida na história da humanidade. As informações das enciclopédias impressas se tornaram, em grande parte, obsoletas por não contarem com a atualização contínua, que é típica do meio digital.

No contexto da Sociedade da Informação ou Conhecimento, tem sido recorrente o questionamento: “Será que o computador irá substituir o professor? Precisamos solucionar essa duvida. A Internet está trazendo consigo um novo modelo de educação, uma forma diferente de aprendizagem, e precisamos entendê-lo, apropriar-nos disso, ser protagonistas da mudança. a existência dessa grande rede nos faz pensar na escola que temos, ainda tão fechada, limitada, desconectada do mundo, da vida do aluno; ainda tão distante da realidade de imagens, sons, cores e palavras em hipermídia que constitui a nossa vida hoje. Do que decorre: será que o professor vai ser substituído pelo computador? E sabemos que a resposta é sim, não temos a menor dúvida.

Explico: é que o pior de nós vai ser substituído. A nossa pior aula, o lado repetitivo, burocrático e por vezes até acomodado da escola, esse vamos deixar para o computador.

Quer saber qual foi a palavra que escolhemos como a palavra-chave da leitura do texto “O computador vai substituir o professor?”? Nós escolhemos a palavra COOPERAR, pois entendemos que essa palavra nos sintoniza com a postura que consideramos necessária nesta época de tantas e tão complexas interações.

Consideramos a palavra cooperação mais adequada que a palavra interação, porque esta última apenas designa a ação conjunta entre duas ou mais pessoas, com a troca de alguns valores (materiais, emocionais, intelectuais ou éticos). Já a palavra cooperação designa muito mais, pois se refere a um tipo específico de interação, no qual se busca que os valores trocados estejam em equilíbrio. Em cooperação não há opressão, não há uso, nem abuso do outro. A cooperação presume que não só as ações sejam comuns, mas que as intenções também sejam compartilhadas.

Unidade 6

Cooperação pressupõe diálogo

A comunicação é um componente tão natural e essencial em nossas vidas que muitas vezes nem nos damos conta de como ocorrem seus processos. Desde o momento em que acordamos até a hora em que vamos dormir utilizamos os mais variados processos de comunicação. Nós nos comunicamos, por exemplo, por meio da fala, de cartas, de sinais, do telefone e do computador.

São vários os serviços de comunicação oferecidos pela Internet. Além do serviço de correio eletrônico, que permite a troca de mensagens entre pessoas do mundo todo com incrível rapidez (muitas vezes substituindo os meios de comunicação tradicionais, como a carta e o telefone), também estão bastante difundidos os fóruns, as salas de bate-papo (chats), as listas de discussões, e, mais recentemente, as ferramentas para formação de redes de relacionamentos (Orkut, Facebook, Twitter e outras). Um dos aspectos principais para diferenciar a comunicação e a interação social, seja em rede de computadores ou não, é a TEMPORALIDADE. Nessa dimensão, os modos e ferramentas de comunicação podem ser classificados em síncronos e assíncronos.

Na comunicação síncrona, como o próprio nome indica, há sincronia no tempo, ou seja, o emissor e o receptor da mensagem respondem imediatamente um para outro durante a interação. Uma conversa, ou diálogo presencial, é um tipo de comunicação síncrona. Uma tecnologia síncrona bastante comum é o telefone. Em contraste, as ferramentas assíncronas flexibilizam a comunicação na dimensão temporal. Assim, o receptor e o emissor não precisam estar em permanente e imediata interação. A mensagem, após enviada, é armazenada durante o tempo necessário até que o receptor esteja disponível para recebê-la. No caso das redes digitais, aqueles que interagem não

...

Baixar como (para membros premium)  txt (12.6 Kb)  
Continuar por mais 8 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com