TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Arquitetura De Lucio Costa

Por:   •  10/6/2014  •  409 Palavras (2 Páginas)  •  169 Visualizações

Página 1 de 2

A arquitetura de Lucio Costa. As residências:- Busca por uma síntese entre a arquitetura moderna e colonial

- Melhores facilidades de síntese, integração entre os elementos tradicionais e a linguagem

moderna: nas residências. - Preocupação com as necessidades da época, sem deixar que as de ordem histórica o dominassem. Cuidados: - A continuidade entre os espaços internos e externos, sem prejudicar a intimidade. - Concepção a partir de jardins, a adoção dos pátios internos.- a presença da racionalidade nas plantas- A continuidade das varandas. - Utilização de materiais modernos- Soluções formais: volumes simples, linhas retas, horizontalidade dominante dos volumes, distribuição racional dos cheios e vazios, retomada de certos elementos da arquitetura luso-brasileira (graças a retomada de certos elementos do vocabulário corrente da arquitetura colonial, tais como a cobertura de telha canal, em lugar do terraço). - Substituição da madeira pelo concreto, mas com o tipo tradicional de madeiramento. Park Hotel São Clemente, Nova Friburgo (1944-1945)Uso dos materiais do local - Solução racional do ponto de vista econômico. - Estrutura independente que permitiu o

desenvolvimento de uma planta funcional - Térreo com pilotis, parcialmente fechado com

volumes envidraçados. - Piso superior em balanço - Aproximação entre a estrutura de madeira e do concreto armado - Hierarquia entre o bloco principal, simples, e os elementos anexos. - Equilíbrio, simetria, e senso de proporção assegurado. Obs. Apesar da integração com a natureza, a obra possui a sua independência, graças a sua clareza geométrica. A obra complementa a natureza,recusando a se subordinar-se a ela. Conjunto Residencial Parque Guinle, Rio de Janeiro (1943-1954) -Blocos construídos: Nova Cintra, Bristol e Caledônia.

- Implantação que considerou a vista para o parque ( voltada para oeste), o que resultou em problemas relacionados a orientação favorável. - Problemas: a questão da visibilidade para o parque e a insolação. - A criação de uma loggia fechada por brise-solei e elementos vazados feitos em cerâmica. - o uso da cor na composição dos elementos vazados. - Originalidade consiste na capacidade de articular o vocabulário moderno e a tradição local. - Coerência das soluções funcionais que lavaram a concepção plástica final - A pureza dos volumes geométricos simples de cada um dos blocos, a regularidade das proporções, a preocupação com o equilíbrio são aspectos da escola racionalista. - Qualidades da obra - Leveza, valorização das superfícies externas, rejeição da austeridade sistemática do estilo internacional de 1930, vinculação consciente com a tradição local sem prejuízo do caráter contemporâneo.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.7 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com