TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

O RACISMO : O NEGRO NO MERCADO DE TRABALHO - Consequências Sociais Deixadas Pela Escravidão

Por:   •  4/2/2013  •  901 Palavras (4 Páginas)  •  1.726 Visualizações

Página 1 de 4

I - APRESENTAÇÃO DO TEMA

O trabalho a seguir busca apresentar parte da realidade racista, que enfrentamos nos dias de hoje em principal no mercado de trabalho. Historicamente, a discriminação e exploração do negro no Brasil colônia mostra-se claramente aos olhos de toda a sociedade brasileira, leigos ou estudiosos da historiografia nacional. O exemplo dessa prática, podemos citar a exploração da mulher negra àquela época, fortemente presente. Tratada como objeto de prazer, era vista pelos senhores de engenho como prova de virilidade e emancipação sexual do seu filho adolescente, objeto excêntrico de desejos. Para ela, o desejo do seu senhor representava uma forma de ascensão social.

Surge também, com a colocação do mulato para exercer funções específicas, face à escassez da mão de obra branca, incorporando-os nas casas grandes coloniais, a ideia da democracia racial brasileira. É dessa forma que ele vai integrar o mundo da casa-grande, a serviço da família branca dominante. Associou-se à tez mais clara do mulato, seu processo de mobilidade social vertical. Esta é a raiz da ideologia do branqueamento, código racial nacional por excelência, base das relações raciais brasileiras e informativas da conduta dos sujeitos. Cria-se e ganha corpo a grande violência racista brasileira: a sociedade pretende que o negro se torne branco. Busca-se, assim, a destruição da identidade do sujeito negro. Diante de grandes transformações políticas sociais e constitucionais analisaremos os fatores positivos e negativos na sociedade atual.

II – JUSTIFICATIVA

Tendo como base, a sociedade passada e presente do negro no mercado de trabalho, através de suas consequências sociais deixadas pela escravidão. Que mesmo saindo da posição de escravo e possuindo todos os direitos socias, políticos e econômicos garantidos por lei, sofre de um preconceito disfarçado, o racismo ainda é a forma mais clara de discriminação na sociedade brasileira, apesar de não admitir o brasileiro seu preconceito. "A emoção das pessoas, o sentimento inferior delas é que é racista. Quando racionalizam, elas não se reconhecem assim, não identificam em suas atitudes componentes de discriminação", analisa Alcione Araújo, escritor e dramaturgo. O brasileiro tem dificuldade em assumir o seu racismo devido ao processo de convivência cordial que distorce o conflito. Devido a isto, por estar dissimulado, hipócrita, é difícil de ser combatido.

A discriminação racial está espalhada pelo Brasil. Escola e mídia apresentam um modelo branco de valorização. O acesso aos espaços políticos, aos bens sociais, à produção do pensamento, a riqueza, tem sido determinado pela lógica escravocrata. O espaço negro é reduzido. O negro é discriminado e não é reconhecido em suas atividades.

III – DELIMITAÇÃO DO TEMA

O Racismo: O Negro no Mercado de Trabalho – Consequências Sociais Deixadas Pela Escravidão

IV – HIPOTESE

Esse trabalho pretende demonstrar que dentre as várias causas que impossibilitam o ingresso e ascensão do negro em algumas áreas do mercado de trabalho, uma das principais e menos explícitas é a existência do racismo em nossa sociedade, analisando a possibilidade de conivência por parte dos governantes brasileiros com relação à manutenção do preconceito racial, e do negro em classes inferiorizadas.

V – OBJETIVOS

5.1. GERAL

Analisar e verificar a quantidade de negros nas áreas profissionais, observando sua participação em cargos e funções diretivas e administrativas de empresas, no cenário político nacional, e no meio acadêmico como professores universitários, na cidade de Rio Branco - AC.

5.2. ESPECIFÍCOS

Mostrar as causas que dificultam o acesso e posterior ascensão do negro

...

Baixar como (para membros premium)  txt (6 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com