TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

PORQUE A LITARETURA DE JORGE AMADO FAZ SUCESSO TAMBÉM NA TELEVISÃO

Projeto de pesquisa: PORQUE A LITARETURA DE JORGE AMADO FAZ SUCESSO TAMBÉM NA TELEVISÃO. Pesquise 787.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  5/9/2013  •  Projeto de pesquisa  •  1.125 Palavras (5 Páginas)  •  347 Visualizações

Página 1 de 5

FACULDADE NOSSA SENHORA DE LOURDES – FNLS

ROSEMARY BARBOSA

CONCURSO

PORQUE A LITARETURA DE JORGE AMADO FAZ SUCESSO TAMBÉM NA TELEVISÃO?

Professor:

PORTO SEGURO-BA

2012

FACULDADE NOSSA SENHORA DE LOURDES- FNSL

ROSEMARY BARBOSA

CONCURSO

PORQUE A LITARETURA DE JORGE AMADO FAZ SUCESSO TAMBÉM NA TELEVISÃO?

Trabalho apresentado à Faculdade Nossa Senhora de Lourdes – FNSL, como requisito para obtenção de nota da disciplina de xxxxxxxxxxxxxxx, sob a orientação do Professor(a) xxxxxxxxxxxxxxx

PORTO SEGURO

2012

INTRODUÇÃO

Jorge Amado foi um dos mais famosos escritores da atualidade brasileira. É também o autor que mais realizou adaptações no cinema, no teatro e na televisão brasileira. Suas obras foram traduzidas em 55 países do mundo, como Portugal, França, Argentina, Suécia, Alemanha, Polônia, Tchecoslováquia, Itália, Estados Unidos, entre outros, em 49 idiomas, existindo ainda fitas gravadas para cegos e obras em braile.

Desta forma, o objetivo desta proposta é conhecer porque as obras de Jorge Amado fazem sucesso também na televisão. Acredita-se que o sucesso deu-se porque Jorge sabia mostrar com muito entusiasmo as belezas e particularidades da Bahia, como nenhum outro escritor de sua época conseguiu.

Através de suas obras, Jorge Amado transmitia o amor que sentia pela Bahia, criava e recriava seus personagens todos com suas particularidades e entusiasmo, juntamente com seus personagens conseguida transmitir a cultura baiana, com muita cor e sabor.

PORQUE A LITARETURA DE JORGE AMADO FAZ SUCESSO TAMBÉM NA TELEVISÃO?

Jorge Amado, amado e agraciado por todas as riquezas da própria região sul da Bahia, verdadeiro acervo de todo agradecimento para a vida do povo. A vida da raça cheia de fartura, de pequenos detalhes que tornam verdadeiros ícones para a valorização da região a roça de cacau, pé de bananeira, coentro, hortelã miúda, alfavaca fina, coentro largo, coco, azeite de dendê, frutas tamarindo siriguela, canjarana, cajá fazendo lama nas estradas, flores Adália nascendo no pé da parede, leite, cana, farinha de tapioca, milho, gergelim para fazer paçoca, uma boa cachaça, licor de jenipapo, licor laranja, licor de cravo, cocada, mel de cacau, manteiga de garrafa, requeijão, biscoito de goma, beiju, canjica, arroz doce, munguzá, cocada, puxa, rapadura, gengibre, coco, bolo de puba, bolo aipim, moqueca de peixe, pirão, feijão de leite, feijão fradinho, feijão de corda, peixe frito com farofa, d’água fria com coentro, cebolinha e coentro, 0000000000000 caldo de feijão com pimenta 00000 cebolinha e coentro. Estou enumerando um pequeno reembolso da riqueza da região que garanto será o triplo, tem que esquecer o nosso belo caruru vatapá 000000 com coco e camarão, farofa de dente tudo isso viabilizou concorreu para Jorge Amado observador 0000000 de maneira eficiente envolvente as suas escrituras a própria região a natureza a riqueza contribuiu para que eles não desperdiçassem um só elemento para enaltecer a nossa Bahia. Com sua simplicidade e observação interagia com seu povo com muita facilidade cultura de pessoas simples educação afagadora cativante - bom dia. Compadre, bom dia compadre, bênção padrinho, bênção madrinha, um chá de canela, indicava um a uma para outro. Tudo concorreu para bons escritos, em céu azul, mar encantador, manguezais, pescadores, fazendeiros, coronéis, 0000000, trabalhador rural, serviços, damas, enriquecia o cenário para o escritor, trocaria uma cultura que sua imaginação a sua mente fértil descreveria e envolvia qualquer 00000 de pessoas simples contracenara com a audácia a presunção auto-suficiência dos coronéis dos exportadores daquela cultura e da região. Um passo que por suas ladainhas trazemos 00000 quermesse cultura a fé a esperança de olhos melhores esperava o empregado com os olhos lagrimejando reconhecimento do seu trabalho árduo e desvalorizado, mas com todo desencanto não faltava a sua cantiga nos lábios para o desabafo de sua alma

...

Baixar como (para membros premium)  txt (7.4 Kb)  
Continuar por mais 4 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com