TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

HUMILHAÇÃO SOCIAL - UM PROBLEMA POLÍTICO EM PSICOLOGIA

Por:   •  4/6/2014  •  263 Palavras (2 Páginas)  •  264 Visualizações

Página 1 de 2

HUMILHAÇÃO SOCIAL – UM PROBLEMA POLÍTICO EM PSICOLOGIA

A humilhação social é uma modalidade de angústia disparada provocada pelo impacto traumático da desigualdade das classes; e para assim explicá-la utilizamos à investigação marxista de Marx e a psicanálise de Freud.

Freudo-marxismo procura usar as ferramentas da psicanálise para diagnosticar os males da sociedade. Assim como freudismo vê ego do indivíduo e superego como forma pelo seu id inconsciente, o marxismo vê a cultura e as instituições de uma sociedade como forma de seu sistema econômico subjacente. Assim, o sistema de uma sociedade econômica e suas relações de função de produção como o seu id inconsciente; funções de cultura de uma sociedade como o seu ego, e do sistema legal de uma sociedade, a polícia ea função militar como seu superego.

A humilhação social atinge de tal forma determinados grupos e classes que pode ser considerada como traumática. As trações dessa gente são apresentadas na sua voz, seu rosto entre outros, essa classe é desprovida, não tem benefícios, não tem direito de poder adentrar em locais mais refinados devido a sua condição financeira. Muitas vezes essa humilhação se torna tão grande, que acaba provocando no individuo da classe baixa uma indignação e acaba levando-os para o mundo do crime.

È uma situação que lembra a época dos escravos, pois se a libertação dos escravos pode ter posto fim ao golpe físico, o mesmo não pode ser dito sobre o golpe moral, que passou a ter como alvo os descendentes dos escravos e também aqueles que executavam e/ou executam trabalhos subalternos em geral, antes atribuídos aos escravos.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (1.7 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com