TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

INTRODUÇÃO À PSICOLOGIA CONCEITO E OBJECTO DE ESTUDO DA PSICOLOGIA

Por:   •  2/6/2019  •  Trabalho acadêmico  •  6.967 Palavras (28 Páginas)  •  87 Visualizações

Página 1 de 28

INTRODUÇÃO À PSICOLOGIA

CONCEITO E OBJECTO DE ESTUDO DA PSICOLOGIA

O comportamento e a mente humana sempre despertaram interesse e fascínio, especialmente dos filósofos. Porém, o termo Psicologia surge apenas no século XVI, sugerido por Rudolfo Goclénio, (ROSA, 1995).

O autor acima, acrescenta que a origem etimológica da palavra Psicologia assenta precisamente na noção de alma.

Deriva do latim:

psiché (alma) + logos (razão)

Na mesma ordem de ideias, Aristóteles (séc. IV a.C.), importante filósofo, foi considerado por muitos o autor do primeiro estudo de psicologia intitulado "Acerca da Alma" (ROSA, 1995:67).

Entretanto, Psicologia é a ciência que estuda o comportamento e as funções mentais. Ou seja, a Psicologia é a ciência que estuda o comportamento e os processos mentais dos indivíduos (psiquismo), (TELES, 2006:156).

No que se refere ao objecto de estudo da psicologia, podemos destacar que a Psicologia trata de estudar o comportamento humano nas suas diversas manifestações (observáveis e não observáveis).

O comportamento humano é também difícil de ser compreendido pela natureza da sua realidade, bio-psico-sócio-cultural. A análise do seu comportamento requer o cuidado de ter-se em conta essa complexa realidade humana. Por esta razão a Psicologia pode e deve possuir laços interdisciplinares com outras ciências, como por exemplo, as de natureza biológica, sociológica, cultural, etc. Nesta ordem de idéias, CARDOSO, FROIS & FACHADA (1993) consideram como objectivo final da Psicologia a explicação das condutas em função dos factores ou variáveis que as condicionam ou determinam, daí a necessidade de se ter em conta as outras áreas científicas na abordagem dos fenómenos psicológicos.

ESCOLAS PSICOLÓGICAS NO SÉCULO XIX

Designa-se escola psicológica aos grupos de pensadores e pesquisadores que se associam ideológica e, às vezes, geograficamente ao líder de um movimento. Os membros de uma escola de pensamento trabalham em problemas comuns e compartilham uma orientação teórica, (SCHULTZ & SCHULTZ, 1992:124).

No entanto, no século XIX existiram 3 escolas psicológicas que impulsionaram a construção da Psicologia como ciência:

  1. Funcionalismo 

Esta corrente parte das questões: "o que os homens fazem" e" porque o fazem” - William James: o homem usa a consciência para adaptar-se ao meio, (SCHULTZ & SCHULTZ, 1992:126).

Assim, William James (1820-1903): Investigou a utilidade/função dos processos mentais para o organismo nas suas permanentes tentativas de se adaptar ao meio ambiente.

  • Objeto de estudo: Consciência
  • Método: Observação Introspectiva e técnicas de obtenção de dados, como a pesquisa fisiológica, testes mentais, questionários e descrições objetivas do comportamento

  1. Estruturalismo 

Esta escola/corrente relaciona os estados da consciência com estruturas mentais. Edward Titchner (1867-1927): Seguidor de Wundt propôs o estruturalismo, o qual pretende analisar a consciência nas suas partes constituintes para assim determinar a sua estrutura. Estruturalismo tentou analisar os três elementos básicos da consciência: sensações, sentimentos e imagens e, desta forma fez um estudo sistemático da mente, analisando sua estrutura e, portanto, foi nomeado como estruturalismo, (SCHULTZ & SCHULTZ, 1992:126).

  • O objeto de estudo desta escola é a Estrutura da consciência.  
  • O seu Método é: Introspecção qualitativa que consistia em, observadores descreverem o seu estado consciente após sujeitos a um dado estímulo.
  1. Associacionismo

Esta escola considera que a aprendizagem se dá pela associação de ideias - Lei do Efeito: o comportamento recompensado tende a se repetir.

Edward Thorndike (1874-1949): Elaborou uma teoria objetiva e mecanicista da aprendizagem que se concentra no comportamento manifesto. Importante pesquisador no desenvolvimento da Psicologia Animal, SCHULTZ & SCHULTZ, 1992:127).

  • Objeto de estudo: Comportamento aprendido
  • Método: Experimental que consistia em estabelecer conexões/associações entre situações e respostas

A PSICOLOGIA COMO CIENCIA

Há que destacar que “A psicologia se desenvolveu a partir da Biologia e da Filosofia, com objectivo de se tornar uma ciência que descreve e explica como pensamos, sentimos e agimos.” (MAYERS, 1999:1). Numa primeira manifestação a Psicologia foi, simplesmente, uma disciplina descritiva, isto é, tratava de descrever as manifestações comportamentais dos indivíduos sem com isso explicar a causa ou os porquês dessa manifestação.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (36.1 Kb)   pdf (344.7 Kb)   docx (31 Kb)  
Continuar por mais 27 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com