TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Neuromarketing e psicologia das flores

Resenha: Neuromarketing e psicologia das flores. Pesquise 813.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  1/10/2014  •  Resenha  •  472 Palavras (2 Páginas)  •  259 Visualizações

Página 1 de 2

Neuromarketing e a Psicologia das Cores

Já sabemos que cada cor influencia diretamente a mente do consumidor, para frisar bem essa parte quero compartilhar com você, de forma mais detalhada, o impacto e o significado das cores na mente humana.

Com o surgimento do neuromarketing, foi possível unir o conhecimento científico com o marketing. Essa união é considerada uma chave para o entendimento da lógica de consumo, que visa entender os desejos, impulsos e motivações das pessoas através do estudo das reações neurológicas a determinados estímulos externos.

Para ajudar a descobrir como as cores podem influenciar os clientes, uma experiência da universidade americana Baylor College of Medicine mostrou como o cérebro interpreta as tonalidades.

Os resultados foram obtidos a partir da neurociência, ramo de pesquisa que usa aparelhos para mapear as áreas do cérebro que regem o comportamento humano. Então, conheça a representação das cores e se prepare para usar o neuromarketing.

Cor Azul

Parte do cérebro: Córtex Pré-Frontal

Efeito: Em tom escuro relaciona-se ao poder. Em tom mais claro, provoca sensação de frescor e higiene. Está ligado a produtividade e sucesso.

Cor Laranja

Parte do cérebro: Sistema de recompensa – responde pelo prazer e necessidade de repetição da experiência prazerosa.

Efeito: Mudança, expansão e dinamismo.

Cor Amarela

Parte do cérebro: Sistema de Recompensa.

Efeito: Passa a mensagem de transparência nas negociações ou no objetivo do lucro. Combinada com outras cores significa credibilidade.

Cor Rosa

Parte do cérebro: Área Tegmentar Ventral – controla a sensação de recompensa pela saciedade de fome, sede e sexo.

Efeito: Um tom claro dá a ideia de inocência. O tradicional, feminilidade e rompimento de preconceitos. O pink, o desejo de iniciar ações individuais.

Cor Cinza

Parte do cérebro: Putâmen – regula a distribuição de dopamina, um neurotransmissor relacionado à sensação de prazer. Ínsula – coordena as emoções.

Efeito: É a expressão de neutralidade. Pode significar indecisão ou ausência de energia.

Cor Verde

Parte do cérebro: Córtex Pré-Frontal – ligado às decisões, pensamento abstrato e criativo, respostas afetivas e capacidades para conexões emocional e julgamento social.

Efeito: Remete à natureza. Transmite frescor, harmonia e equilíbrio. Reforça a ideia de ponderações e coerência.

Cor Marrom

Parte do cérebro: Sistema Límbico – estrutura interna que responde pelas emoções.

Efeito: É uma cor pesada. Sugere conservadorismo.

Cor Branca

Parte do cérebro:

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3.5 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com