TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

A atitude do gerente estava certa?

Projeto de pesquisa: A atitude do gerente estava certa?. Pesquise 791.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  13/5/2014  •  Projeto de pesquisa  •  1.266 Palavras (6 Páginas)  •  130 Visualizações

Página 1 de 6

SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO 3

2 Desenvolvimento 4

2.1.1 A atitude da supervisora foi correta? Justifique. 4

2.1.2 - A revista foi uma atitude adequada, eficaz e legal para resolver o problema do sumiço da mercadoria? 4

2.1.3 Ana poderia ajuizar uma ação trabalhista requerendo a sua reintegração ao emprego, a conversão justa causa em despedida sem justa causa e/ou indenização por danos morais? 5

2.1.4 Como administrador, que atitudes você poderia tomar a fim de minar ou reduzir esses conflitos? 5

2.1.5 Motivação e Desmotivação 6

2.1.6 De acordo com as regras da estatística, construa uma tabela de distribuição de frequências agrupando a idade das empregadas em classes. Calcular a frequência relativa e a porcentagem de colaboradoras em cada classe. Obs. Calcular o numero de classe (K) aplicando a Regra de Sturges. 6

2.1.7 Considerando que a supervisora não logrou êxito na localização ou na identificação quanto ao destino das embalagens em epígrafe, qual será o procedimento adequado para a realização das respectivas baixas? 6

2.1.8 Despesas 7

2.1.9 Classificação e nomenclaturas de custos industriais. 7

2.1.9.1 Custos na indústria de papéis. 7

2.1.9.2 Custos podem ser classificados em Fixos ou Variáveis: 8

2.1.10 Perdas e desperdícios industriais. 8

2.1.10.1 Perdas 8

2.1.10.2 Desperdícios industriais 8

3 CONCLUSÃO 9

4 REFERÊNCIAS 10

1 INTRODUÇÃO

O administrador é responsável pelo planejamento de estratégias e pelo gerenciamento do dia-a-dia da empresa pública ou privada. A atuação do Administrador é bastante ampla, sendo necessário em todo tipo de empresas.

O presente trabalho vem demonstrar, a importante contribuição que a Administrador traz, em momentos de crises financeiras e políticas as empresas com um bom sistema de gestão conseguiram superar as dificuldades.

Mais do que eficiente e capaz, este profissional é acostumado às mudanças e sabe o que é necessário para adaptar-se a elas.

2 DESENVOLVIMENTO

2.1.1 A atitude da supervisora foi correta? Justifique.

A atitude da supervisora não foi correta nas duas decisões por ela tomadas. Primeiro que, A Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT) prescreve no artigo 373-A que é vedado ao empregador ou preposto proceder a revistas íntimas das funcionárias. A Constituição Federal de 1988 não distingue homens e mulheres, portanto, a interpretação que vem sendo dada àquele dispositivo da lei específica se estende também aos homens. Considera-se revista íntima a coerção para se despir ou qualquer ato de molestamento físico que exponha o corpo.

2.1.2 - A revista foi uma atitude adequada, eficaz e legal para resolver o problema do sumiço da mercadoria?

Se for possível evitar a revista usando tecnologia (como os detectores de metal) ou vestimentas especiais (macacões sem bolso), deve ser priorizado o método alternativo. A revista, sempre, deve ser a última opção.

Em seguida, deve haver um ajuste prévio com a entidade sindical ou com o próprio empregado. O trabalhador deve ser avisado previamente que vai haver o procedimento. Em regra, nos instrumentos coletivos (acordos e convenções), são dispostas cláusulas tratando do assunto. A revista deve ter, ainda, caráter geral e impessoal, utilizando critérios objetivos, com a menor publicidade possível, para não expor o empregado à situação vexatória. Só pode ser realizada no âmbito da empresa e de preferência ao término da jornada. Fora do estabelecimento, a competência é da autoridade policial.

2.1.3 Ana poderia ajuizar uma ação trabalhista requerendo a sua reintegração ao emprego, a conversão justa causa em despedida sem justa causa e/ou indenização por danos morais?

Sim. O Tribunal Superior do Trabalho entende que se houver revista íntima, expondo o trabalhador a situação vexatória, cabe indenização por danos morais.

2.1.4 Como administrador, que atitudes você poderia tomar a fim de minar ou reduzir esses conflitos?

1) É possível, sim, a revista, mas com alguns cuidados e limites, sempre respeitando a intimidade, a honra e a imagem dos empregados. Antes de tudo, é necessário ter um motivo justo para tal ato, ou seja, que no estabelecimento ou setor haja bens suscetíveis de subtração e ocultação, com valor material, ou bens que tenham relevância para a atividade empresarial e para a segurança das pessoas. Se for possível evitar a revista usando tecnologia (como os detectores de metal) ou vestimentas especiais (macacões sem bolso), deve ser priorizado o método alternativo. A revista, sempre, deve ser a última opção.

2) O fato de, a supervisora demitir a funcionária por achar que foi desrespeitada, mostra que, sendo eu o administrador da empresa, escolhi uma pessoa que não estava preparada para exercer tal função. Eu faria uma reunião com Ana e a supervisora, assumiria a responsabilidade pelo erro por mim cometido e ofereceria à Ana, a oportunidade de retornar ao seu posto de trabalho, alem de indicar para a supervisora, um treinamento para capacitá-la melhor na execução de sua função.

2.1.5 Motivação e Desmotivação

Entendo que uma única premiação em dinheiro para todos os funcionários ao atingirem a meta seria a melhor alternativa, tendo em vista que seria um valor estipulado em função do lucro obtido com o cumprimento da meta, não onerando o caixa da empresa, já que geraria uma despesa que seria atrelada ao lucro excedente.

2.1.6 De acordo com as regras da estatística, construa uma tabela de distribuição de frequências agrupando a idade das empregadas em classes. Calcular a frequência relativa e a porcentagem de colaboradoras em cada classe. Obs. Calcular o numero de classe (K) aplicando a Regra de Sturges.

Idade Frequência Porcentagem

18-26 7 17,50%

...

Baixar como (para membros premium)  txt (9.4 Kb)  
Continuar por mais 5 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com