TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

ESTRUTURA E ANÁLISE DAS DEMOSNTRAÇÕES FINANCEIRAS

Tese: ESTRUTURA E ANÁLISE DAS DEMOSNTRAÇÕES FINANCEIRAS. Pesquise 785.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  11/4/2013  •  Tese  •  876 Palavras (4 Páginas)  •  329 Visualizações

Página 1 de 4

ATPS - ESTRUTURA E ANÁLISE DAS DEMOSNTRAÇÕES FINANCEIRAS

POR

FRANCISCO DANIEL CAMPELLO DA SILVA

RA 193249

Manaus

2012

UNIVERSIDADE ANHANGUERA- UNIDERP

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

ATPS - ESTRUTURA E ANÁLISE DAS DEMOSNTRAÇÕES FINANCEIRAS

POR

FRANCISCO DANIEL CAMPELLO DA SILVA

RA 193249

ATPS de Pesquisa apresentado a Universidade Anhanguera – UNIDERP, Pólo Manaus como nota parcial de Trabalho de Estrutura e Análise das Demonstrações Financeiras do Curso de Administração solicitada pelo Professor, Iara Sonia Marchioretto e o Professor Tutor Felipe Malcher.

Manaus

2012

SUMÁRIO

1. INTRODUÇÃO

2. TÉCNICAS DE ANÁLISE FINANCEIRA

3. MUDANÇAS NO CAPITAL DE GIRO

4. LUCRATIVIDADE BRUTA (LB)

5. CONSIDERAÇÕES FINAIS

6. REFERENCIAS BIBLIOGRAFICAS

INTRODUÇÃO

O Capital de Giro de qualquer organização tem participação decisiva no desempenho operacional das empresas, cobrindo na maioria das vezes a parcela mais essencial dos ativos investidos. Por isso é a alma de qualquer empresa, de onde irradiam suas energias. Uma má administração deste capital de trabalho – giro líquido – resultado entre ativos e Passivos correntes, invariavelmente arrasta qualquer negócio para bancarrota.

O gerenciamento destes recursos situados em meio circulantes parece ter decisões absolutamente interdependentes, ou seja, na prática, administram-se ativos de uma maneira muito própria, assim como os Passivos, mas sempre ligados por um cordão umbilical com fina sintonia. Perda de liquidez, por exemplo, em uma empresa que investiu pesadamente em seu nível de estoque, concentrando majoritariamente quase toda a estrutura de seu Ativo Circulante, pode produzir efeitos desastrosos ao caixa, ou quem sabe a presença de Passivos de curto prazo, pressionando-o a exigir ativos correntes mais líquidos e de imediata conversibilidade, estimulando também outros efeitos colaterais horríveis.

Enfim, a definição do montante adequado do Capital de Giro, ou seja, a necessidade de Capital de Giro é uma identificação de sensível repercussão para o sucesso ou mesmo fracasso de qualquer empresa. Liquidez e rentabilidade são outros oxigênios essenciais, sempre presentes nas águas da administração dos fluxos de caixa. Por isso é preciso estimular as gestões empresariais nos esforços de melhor fortalecer a administração do Capital de Giro, sobretudo periódicas avaliações e medições, principalmente conhecendo- se o retorno marginal de

...

Baixar como (para membros premium)  txt (5.3 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com