TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Gases Ideais: Leis De Boyle E Charles

Trabalho Universitário: Gases Ideais: Leis De Boyle E Charles. Pesquise 798.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  14/4/2014  •  395 Palavras (2 Páginas)  •  309 Visualizações

Página 1 de 2

Prática 2. Gases ideais: Leis de Boyle e Charles

1. Introdução

Os sistemas gasosos são descritos pelas variáveis do sistema que são: pressão (p),

volume (V), temperatura (T) e quantidade de matéria (em geral número de mols n). As

equações matemáticas que relacionam essas variáveis são denominadas de equação de estado

e são obtidas por observações experimentais. A equação mais simples é a equação dos gases

ideais cuja expressão está representada na equação 1, onde R é a constante dos gases ideais.

pV  nRT (1)

Essa relação foi obtida pela associação de principalmente três leis empíricas que são a Lei de

Boyle, a Lei de Charles e a Lei de Avogadro.

2. Objetivo

Analisar as relações de Boyle e Charles-Gay-Lussac considerando o ar como gás ideal.

3. Material

Material: Tubo de vidro de seção constante fechado em uma das extremidades, envolto em

manga também de vidro com canais de entrada e saída de água, termostato, termômetro, tubo

de borracha resistente, tubo de vidro com extremidades alargada em funil, escalas verticais,

suporte, mercúrio, barômetro.

4. Procedimento

4.1 Ler a pressão atmosférica no barômetro do

laboratório.

4.2 Colocar a água em circulação no equipamento à

temperatura ambiente.

4.3 Medir a temperatura do banho após estabilizada.

4.4 Ajustar o nível de mercúrio em ambos os tubos

para que h = L, variando a altura do tubo graduado;

marcar os valores de h e L em relação ao zero (topo

do condensador).

4.5 Determinar o volume (V) do gás utilizando o valor

do diâmetro do tubo do condensador obtido na

prática1.

4.6 Variar as alturas das colunas de mercúrio alterando

a altura do tubo graduado (para baixo e para cima).

Anote os novos valores de h e L. Calcule os valores

de V e p do gás para cada par de valores h-L.

4.7 Repetir os procedimentos (4.3 á 4.6) para as

temperaturas de 10, 40, 50 e 60ºC.

Medir h e L como a distância da superfície do líquido ao ponto de zero (topo do condensador)

Laboratório de Físico-Química 6

5. Dados experimentais

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.7 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com