TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Sociologia uma ciência da sociedade

Por:   •  10/9/2019  •  Relatório de pesquisa  •  1.685 Palavras (7 Páginas)  •  7 Visualizações

Página 1 de 7

VILA NOVA, Sebastião. Introdução à Sociologia. São Paulo: Atlas,2008.

CAPITULO 1 – Sociologia uma ciência da sociedade

Sociologia e “sociologia” do senso comum

A questão é tão mais complicada quanto, para viver em sociedade todos os indivíduos, sejam ou não cientistas sociais, possuem explicações sobre o comportamento humano e a vida social. Em outras palavras, todos os indivíduos são, por assim dizer, “sociólogos” espontâneos [...] (p.27)

Esta sociologia espontânea que todos nós recebemos através do simples convívio diário com os nossos semelhantes não equivale, é claro, à Sociologia científica, por mais fortes que sejam os laços existentes entre elas. (p.28)

Na realidade, as explicações de que dispõe o senso comum sobre o comportamento humano em sociedade são, na maioria das vezes, baseadas em preconceitos e pressupostos falsos sobre a presumível essência da espécie humana, embora muitas pessoas acreditem que para bem entender a sociedade e o que as fazem à sua volta bastam as “teorias” que sua própria sociedade lhes deu através do senso comum” (p.28)

Sociologia espontânea é o conjunto de explicações baseadas no senso comum, crítico ou acrítico, sendo assim não baseados em observações sistematicamente orientadas. Resumidamente, seriam as explicações dos homens e mulheres comuns sobre o comportamento humano em sociedade;

Sociologia como ciência

Afirmar, por exemplo, que a sociologia é o “estudo cientifico da sociedade humana” ou, ainda, “a ciência dos grupos humanos” é dizer pouco ou quase nada [...]. [...] a sociologia se define como ciência da sociedade, e a sociedade tem de ser definida pela sociologia. (p.29)

A reflexão filosófica a respeito da sociedade defere da sociologia tanto nos resultados quanto, principalmente, na maneira de alcançá-los. Afirmar que a sociologia é uma ciência significa, portanto, antes de mais nada, dizer que ela é diferente da filosofia social.(p.29)

Diferenças entre sociologia e filosofia social

Análise da Filosofia social: emite juízo de valor, é normativa, especulativa, conjectural;

Sociologia: parte da observação de fatos sociais, não é especulativa, é observação sistemática de fatos; não emite juízos de valor;

Ciência e tecnologia

O que caracteriza uma ciência? Em primeiro lugar, do ponto de vista de forma, a ciência se expressa como um sistema de conceitos, proposições e teorias. Como um sistema e não como um mero conjunto de idéias, os conceitos, proposições e teorias que fazem uma ciência são interdependentes e logicamente articulados. (p.30)

Uma ciência possui: objeto delimitado, métodos, teorias, forma e objetivo;

A ciência tem como fim principal explicar a realidade com base na observação sistemática dos fatos. Na medida em que as observações são fidedignas, elas podem e tendem a se transformar em tecnologia, ou seja, em instrumento de previsão e, quando possível, de controle e transformação da realidade. [...] a tecnologia é a aplicação da ciência à previsão, ao controle e à transformação da realidade. A ciência não pretende, por si mesma, desempenhar essas funções. (p.30)

Como um tipo de conhecimento garantido pela observação sistemática dos fatos, a sociologia, contudo, pode-se transformar, como tem ocorrido, em instrumento de intervenção social, como por exemplo, através do planejamento social. (p.30)

Formas de aplicação pratica do conhecimento sociológico: engenharia social e planejamento social (sociatria);

Método: são as estratégia teoricamente fundamentadas de se chegar ao objeto de estudo;

Em outras palavras, a sociologia é, como toda ciência predominantemente indutiva, isto é, parte da observação sistemática de casos particulares para daí chegar à formulação de generalizações sobre a vida social. (p.31)

A importância da teoria para a ciência em geral, não consiste apenas na pura observação dos fatos, mas na observação teoricamente orientada. (p.31)

Neutralidade valorativa

A sociologia estuda os valores e as normas que existem  de fato na sociedade e tenta identificar e classificar as relações entre esses componentes da sociedade e outras manifestações da vida social, sem, no entanto, julgar a sociedade nem os homens e os seus atos. (p.32)

A neutralidade moral da Sociologia não implica, também, a idéia de que as pessoas que se dedicam a essa ciência tenham de ser na sua vida pessoal moralmente descomprometidas, o que, de resto, é impossível.(p.32)

...

Baixar como (para membros premium)  txt (12 Kb)   pdf (106.7 Kb)   docx (12.1 Kb)  
Continuar por mais 6 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com