TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

HIPERTENSÃO ARTERIAL: O PERFIL DOS PACIENTES HIPERTENSOS DO PSF III, DA CIDADE DE QUIRINÓPOLIS-GO.

Por:   •  11/12/2013  •  6.727 Palavras (27 Páginas)  •  401 Visualizações

Página 1 de 27

HIPERTENSÃO ARTERIAL: O PERFIL DOS PACIENTES HIPERTENSOS DO PSF III, DA CIDADE DE QUIRINÓPOLIS-GO.

VERA LUCIA BARROSO PIMENTA

Resumo

Este trabalho objetivou traçar o perfil dos pacientes hipertensos do PSF III, da cidade de Quirinopolis – GO onde foi realizado o levantamento através de Prontuários dos pacientes no período de 02/01/ 2005 a 31/12/2007, com analise em 168 casos que é o total de pacientes nesta unidade até a data acima escrita, segundo as variáveis sexo, raça, faixa etária, grau de instrução, fatores de risco, doenças associadas, antecedentes familiares, índice de massa corpórea. Pelos resultados pode-se concluir predominância de sexo feminino, faixa etária entre 56├ 60 anos.

Maior incidência em pacientes pardos, alfabetizados sedentários, tabagista, diabéticos, sobre peso, antecedentes familiares, por isso vê-se a grande importância de realizar trabalho de orientações e campanhas sobre hipertensão arterial voltada para os pacientes.

Palavra chave: hipertensão. Perfil dos pacientes hipertensos PSF III

SUMÁRIO

I. INTRODUÇÃO

II. PROPOSIÇÃO

III. MATERIAL E MÉTODO

IV. RESULTADO E DISCUSSÃO

V. CONCLUSÃO

VI. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1. Introdução

Nesta pesquisa me deterei apenas á hipertensão arterial sistêmica, sem partir para nenhum tipo especial de hipertensão, citarei a seguir suas prováveis causas (pois sua etiologia não é definida), e suas classificações: primaria ou secundaria.

Para descrever sobre hipertensão arterial sistêmica, é necessário ter uma noção básica da classificação sistêmica, que segundo Fattini (2000) é definida como a grande circulação, com inicio no ventrículo esquerdo, de onde o sangue oxigenado é bombeado para todos os tecidos do organismo, retornando pelas veias ao átrio direito.

A pressão arterial, Guyton (2002), é nada menos que o produto do debito cardíaco e da resistência periférica. O debito cardíaco é deternimado ao se multiplicar o volume sistolico pela freqüência e, segundo Krieger e Irigoyen (1999), um grande numero de substancias e de sistemas fisiológicos que interagem com redundância para manter a pressão arterial em níveis adequados.

Segundo Ferreira et al.(2003), Woods et al.(2005), a hipertensão é distinguida pelo aumento da força do sangue exercida contra a parede das artérias, resultando, em uma pressão sistólica maior ou igual a 140mmHg e uma pressão diastolica maior ou igual a 90mmmHg, com base na média de duas ou mais mensurações da pressão arterial obtidas em dois ou mais contatos com o profissional de saúde depois de uma triagem.

De acordo com Smelter e Bare (2005), e Irigoyen (1999), que a hipertensão apresenta-se como uma condição multifatorial, e para que ela aconteça deve haver uma elevação da pressão sanguínea em conseqüência de uma alteração em um ou mais fatores que afetam a resistência periférica ou o debito cardíaco. Outro motivo pode ser estar relacionado com os sistemas que controlam ou regulam a pressão.

Outro dado importante relado por Krieger e Irigoyen (1999), estima-se que 30 a 40% da variação da pressão arterial em uma população sejam devidos a fatores genéticos e permite-se identificar que defeitos nesses fatores (mutações gênicas) perturbariam a fisiologia normal, contribuindo para o desenvolvimento da hipertensão arterial. A característica multifatorial e a heterogeneidade etiológica representam os maiores obstáculos para a identificação das alterações genéticas especificas.

Smelter e Bare (2005), juntamente com Mano (20004) relatam que a hipertensão pode ter uma ou mais das seguintes causas, como:

a) a atividade aumentada do sistema nervoso simpático relacionado com a disfunção do sistema nervoso autônomo, devido a concentrações aumentadas de noradrenalina

...

Baixar como (para membros premium)  txt (43.7 Kb)  
Continuar por mais 26 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com