TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

RESENHA: Between ‘best’ and ‘good enough’: How consultants guide quality in environmental assessment

Por:   •  21/6/2019  •  Resenha  •  497 Palavras (2 Páginas)  •  83 Visualizações

Página 1 de 2

Between ‘best’ and ‘good enough’: How consultants guide quality in environmental assessment

O artigo se divide em 5 partes principais, as quais são: Introdução, métodos, teoria, descobertas e discussão. Na introdução o autor inicia descrevendo sobre a principal preocupação da avaliação ambiental, que é a necessidade de aprimorar a qualidade dos estudos. O artigo descreve sobre os diferentes pontos de vista sobre a qualidade das avalições, as quais são, muitas vezes, criticadas, sendo assim, uma melhor prática paras avaliações seria de seguir corretamente as diretrizes, bem como dominar a literatura de impactos ambientais. O objetivo principal do trabalho é de apresentar uma nova forma de modular a qualidade das avaliações ambientais, com base em trabalhos realizados e na literatura adequada para tais estudos, levando em conta valores, normas e experiências de estudos anteriormente produzidos. É levando em consideração, também, para o desenvolvimento do artigo, que no contexto nacional as avaliações tem grande variação de qualidade.

A metodologia se desenvolveu a partir de entrevistas semiestruturadas, com 19 consultores de estudos ambientais, de diversas formações da área, que trabalham ou já trabalharam em grandes empresas de consultoria ambiental, desta forma, permitindo uma maior relevância ao estudo, visando averiguar as questões de qualidade das avaliações ambientais. As entrevistas seguiram de forma que os participantes fossem constantemente estimulados a explicar detalhadamente suas práticas. A análise das entrevistas focou, principalmente, nas percepções dos participantes sobre as técnicas de avaliação e sua qualidade.

Visando a percepção de que as descobertas seriam aplicáveis a um grupo mais amplo de profissionais, um workshop foi desenvolvido em uma empresa, na qual 23 profissionais, com experiência nos estudos ambientais, além de 2 participantes da entrevista anterior puderem refletir sobre suas práticas.

A pesquisa resultou em 5 descobertas principais, as quais são: “O nível de aprovação orienta os consultores de EA em suas tomadas de decisão sobre ações apropriadas relacionadas ao desempenho da qualidade da EA”, “O nível de aprovação está aberto a interpretação”, “Consultores têm uma posição forte na regulação qualidade até o nível de aprovação”, “Os consultores percebem que o nível de aprovação garante apenas a qualidade "boa o suficiente", e não a "melhor" prática.”, “Os consultores têm uma posição mais fraca na melhoria da qualidade além do nível de aprovação”, “Os consultores percebem que o nível de aprovação garante apenas uma qualidade boa o suficiente e não a melhor prática”.

Na discussão o autor aponta que a qualidade do trabalho dos participantes era diretamente influenciada por suas percepções de o que é uma ação apropriada. A maioria dos consultores percebeu a necessidade de melhorar a qualidade de seus estudos de EA, entretanto isso se tornou uma responsabilidade secundária, visto que uma qualidade ‘boa o suficiente’ já bastava para ser aprovado.

Ao final do artigo os autores afirmam que os resultados do trabalho sugerem uma necessidade de realização de pesquisas visando examinar, em diferentes contextos, as decisões dos profissionais

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3.4 Kb)   pdf (31.1 Kb)   docx (7.8 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com