TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Portfólio Aptidão Física e Saúde

Por:   •  22/3/2020  •  Trabalho acadêmico  •  1.282 Palavras (6 Páginas)  •  6 Visualizações

Página 1 de 6

[pic 1]

VINÍCIUS DENEQUE DOS SANTOS

8088580

PORTFÓLIO DE APTIDÃO FÍSICA E SAÚDE

[pic 2]

[pic 3]

BATATAIS- SP

2020

  1.    Quais componentes da aptidão física estão relacionados com a saúde?

A aptidão física é de suma importância para a realização das atividades rotineiras de cada indivíduo, executando de uma forma que exija o menor desgaste possível. Dentro da aptidão física, há 4 componentes importantes: a aptidão cardiorrespiratória ou capacidade aeróbica, composição corporal, força e resistência muscular, e flexibilidade.

  1. Como cada componente se relaciona com a saúde?

Diferentemente do objetivo estético ou de desempenho, os componentes de cada aptidão física trazem inúmeros benefícios quando relacionados à saúde.

A aptidão cardiorrespiratória quando bem trabalhada, com a orientação adequada do profissional de Educação Física e com um treino bem planejado, faz com que as atividades físicas aeróbicas regulares diminuam o risco de doenças cardiovasculares que afetam diretamente na qualidade de vida, aumentando a entrega de oxigênio no corpo, além de, melhorar o processo do metabolismo celular que é tão importante para o funcionamento do organismo humano. Possui a função de proteger dos declínios funcionais, que coincide numa vida mais independente e saudável.

Ter uma boa composição corporal é fundamental para manter a saúde longe dos malefícios, já que ela indica, através de uma avaliação física, os índices de massa corporal. A composição corporal adequada reduz os riscos de doenças, principalmente as cardiovasculares e as doenças metabólicas.

Ao longo dos anos, é notável que a perda de massa muscular vá se acentuando e ao mesmo tempo prejudicando as capacidades de equilíbrio e de se locomover. Devido a esses fatores, é importantíssima a prática de treinamento de força e resistência muscular, pois previne os riscos de doenças cardiovasculares, metabólicos e, para idosos, a osteoporose. Ainda, auxilia e melhora produção de massa óssea, proteção de tendões, articulações e musculatura, ajudando na manutenção de uma boa postura, além é claro de beneficiar a auto-estima. Por último, a flexibilidade quando bem trabalhada melhora na capacidade amplitude dos movimentos nas articulações, propiciando assim, uma facilidade maior e mais significativa nas atividades diárias, além de reduzir os riscos de lesões, principalmente na região lombar.

  1. Cite e explique, ao menos, um novo método para a avaliação de cada componente.

Aptidão cardiorrespiratória:

Teste de Ruffier, que consiste em realizar 30 flexões de joelhos (mais conhecido como agachamento) durante 45 segundos, monitorando a frequência cardíaca em 3 momentos distintos: antes do exercício, com o indivíduo (a) sentado (a), completamente relaxado e em silêncio (F1), imediatamente após o exercício, fazendo o avaliado (a) sentar-se (F2), e 1 minuto após a atividade, é preciso o descanso completo para realizar a última medição da frequência (F3).

Na realização do teste, os pés devem estar espaçados por 20 cm e as nádegas deverão tocar os calcanhares, procurando manter o tronco com a posição vertical mantida. A partir disso, os resultados obtidos são avaliados e classificados através da fórmula e tabela idealizada pelo o mesmo autor.

Composição corporal:

O teste de bioimpedância mede a composição corporal, aonde nesse processo é feito uma aplicação, sutil e sem dor, de corrente elétrica no corpo. Durante o processo, essa corrente circula pelo tecido muscular através do líquido do mesmo, até se encontrar resistência do tecido adiposo onde se encontra a gordura corporal. Após isso, com os dados obtidos, calculam-se os índices de gordura, massa magra e outros componentes corporais. Pode ser feito em procedimentos com eletrodos ou por uma balança específica para tal procedimento.

Força e resistência muscular:

O Teste de flexão de braço é usado para aferir a força muscular e também a resistência localizada. Nesse processo, poderá ser utilizado o Teste de Standard, que busca obter somente 4  pontos de apoios (mãos e pés) ou o Teste Modificado, que consiste em 6 pontos de apoios (mãos, joelhos e pés). O procedimento começa com o avaliado (a) em posição inicial da flexão (mãos e pés apoiados no chão), com os cotovelos em extensão. Buscando sempre manter o troco em linha reta, desce o corpo aproximadamente á 5 cm do solo, fazendo com quê os cotovelos formem um ângulo de 90 graus. Após descer, finaliza o exercício estendendo os cotovelos para a posição inicial. Será efetuado o máximo de repetições que conseguir, e após as atividades, será comparado os índices de repetições de acordo com a tabela e suas recomendações, levando em conta a idade e gênero.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (8.7 Kb)   pdf (143.3 Kb)   docx (29.7 Kb)  
Continuar por mais 5 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com