TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

A Legalização da Maconha

Por:   •  24/11/2019  •  Seminário  •  514 Palavras (3 Páginas)  •  28 Visualizações

Página 1 de 3

[pic 1]

Farmácia

Aluno: Andre Luiz Moraes Jerônimo da Silva                   Turma: FAR8N1

Disciplina: Toxicologia

        A legalização da maconha é um ato muito mais ligado ao princípio da igualdade do que uma busca para solucionar o problema da droga no Brasil. Isto porque existe muitas drogas lícitas que causam efeitos danosos tanto quanto a Cannabis sativa, além disso com a proibição é muito mais propício que crianças e adolescentes faça uso desse entorpecente. Existem propostas de deputados para a legalização da maconha, indicando que a proibição dela pode estar prestes a cair.

        Com isso podemos ver que drogas como o álcool, por exemplo, é responsável por mais mortes no Brasil do que a maconha, outro ponto é que segundo a OMS, quase 3% da população brasileira acima de 15 anos de idade é considerada alcoólatra (isso equivale a 4 milhões de pessoas) mostrando que o descontrole no uso de agentes tóxicos está muito mais relacionado a falta de incentivo do governo em conscientizar a população quanto ao uso de entorpecentes do que a proibição deles de fato.

        Além disso, hoje em dia é muito mais difícil para um adolescente comprar cerveja do que comprar um cigarro de maconha, isso porque existem leis que proíbem donos de estabelecimentos a venderem esse tipo de produto a menores de idade, entretanto para um traficante pouco importa a idade de seus clientes, ele apenas está interessado no lucro de suas vendas e não em consciência social.

        O deputado Paulo Teixeira (PT/SP) em julho de 2018 escreveu um texto em favor da legalização da maconha para uso recreativo delimitando o porte de 40 gramas mensais para maiores de 18 anos. Segundo ele o Brasil deve seguir a tendência internacional e se inspirar em países como Uruguai, Portugal, Espanha e Estados Unidos que mostram efeitos positivos na legalização dessa substância.

        É possível perceber que a proibição de drogas como a maconha é pouco eficiente e mostra que o Brasil e diversos países no mundo estão longe de solucionar o problema da circulação de drogas em seus territórios. Porém a legalização é uma maneira de driblar o uso indiscriminado desses narcóticos, pois com o estabelecimento de leis contra a venda para menores de 18 anos e políticas públicas para conscientizar a população, não só contra maconha, mas sim contra todos os tipos de drogas ou uso racional de outras dessas, é mais eficiente e proveitoso que apenas coibir o uso.

Referências Bibliográficas

MORAIS, João Paulo. Legalização da maconha: um debate inadiável no Brasil. Jusbrasil, publicado 16/12/2014. Acesso: . Acessado em: 18/11/2018.

DEMARTINI, Marina. Como 10 drogas lícitas (e ilícitas) agem no seu cérebro. EXAME, publicado 13/09/2018. Acesso: . Acessado em: 18/11/2018.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3.4 Kb)   pdf (61.5 Kb)   docx (11.3 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com