TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

O Relatório de Bioquímica

Por:   •  7/10/2019  •  Relatório de pesquisa  •  990 Palavras (4 Páginas)  •  7 Visualizações

Página 1 de 4

[pic 1]

CLEONICE APARECIDA DE SOUZA

JOICE ISADORA DOS SANTOS

KEILLA MARIANE COSTA

LORRANE DANTAS ALVES

RAFAELA MARCELINO ROSA XAVIER

PRÁTICA 5: DETERMINAÇÃO QUANTITATIVA DE PROTEÍNAS TOTAIS E ALBUMINA PLASMÁTICA NO SORO ATRAVÉS DE METODOLOGIA COLORIMÉTRICA

Governador Valadares – MG

2019

  1. Introdução

Proteínas, palavra que vem do grego “protos”, que significa “a primeira” ou “a mais importante”, são compostos formados por aminoácidos, sintetizadas a partir de 20 alfa-aminoácidos, dos quais cada um terá   destinos metabólicos diferentes no corpo; diferentes atividades em distintas vias metabólicas em vários órgãos. Por sua vez, os aminoácidos são compostos orgânicos   que contém um grupo amina (NH2) e um grupo carboxílico (COOH) cuja função   é formar as proteínas.     Na dieta, vários aminoácidos devem estar presentes para   que as necessidades do organismo sejam satisfatórias, enquanto outros não. Como consequência, a qualidade nutricional das proteínas pode ser determinada pelo tipo e pela   quantidade   de   seus   aminoácidos   constituintes. Os aminoácidos podem ser classificados como essenciais   e   não-essenciais. As proteínas séricas podem ser divididas, eletroforeticamente, em cinco conjuntos   proteicos, sendo eles   albumina, α-,   β1-,   β2-   e   γ-globulinas. A avaliação dos   valores   de   proteínas   séricas   é   um   instrumento   que   pode   ser utilizado para indicar alterações metabólicas e auxiliar no diagnóstico clínico de diversas enfermidades (PINHEIRO, Raymundo; et al.  Apud Santarosa, 2005).        

         Segundo Santos, albumina é a mais abundante proteína plasmática, completando um total de 50% das proteínas totais do soro humano. Comparada a outras proteínas, ela é uma molécula relativamente pequena, formada   por   uma cadeia de 584   aminoácidos. Ela desempenha também, um   papel   na   manutenção do equilíbrio ácido-básico. Além disso, a albumina está envolvida   no transporte de um grande número de substâncias fisiológicas: moléculas   lipossolúveis como os ácidos graxos de cadeia longa, hormônios como a tiroxina, o cortisol e a aldosterona e pequenos íons como o cálcio, o cobre, o níquel e o zinco. O fígado é o único órgão capaz de sintetiza-la. Cerca de 12% a 20%   da   capacidade de síntese hepática é disponibilizada para a síntese  desta   proteína,  produzindo diariamente 150mg a 250mg de albumina por kilograma de peso corporal em indivíduos saudaveis.

  1. Objetivo         

Determinar a concentração de proteínas totais e albumina na amostra analisada.

  1. Materiais e equipamentos
  1. Materiais:
  2. Dosagem de Proteínas:
  • Água deionizada;
  • Amostra (Soro);
  • Componentes do Kit: Padrão 4,0 g/dL e Reagente de Cor (Biureto);
  • Béquer;
  • Ponteiras P100 e P1000;
  • 3 Tubos de Ensaio;
  • Luvas.
  1. Equipamentos:
  • Pipetas Automáticas (P100 e P1000);
  • Banho Maria;
  • Espectrofotômetro;
  1. Dosagem de Albumina Plasmática:
  • Água deionizada;
  • Amostra (Soro);
  • Componentes do Kit: Padrão 3,8 g/dL e Reagente de Cor;
  • Béquer;
  • Ponteiras P100 e P1000;
  • 3 Tubos de Ensaio;
  • Luvas.
  1. Equipamentos:
  • Pipetas Automáticas (P100 e P1000);
  • Espectrofotômetro;
  • Banho Maria.

  1. Procedimento experimental

DOSAGEM DE PROTEÍNAS

Iniciou-se identificando três tubos de ensaio com “Branco”, “Amostra” e “Padrão”.  Adicionou nos três tubos 1mL de Biureto. No tubo identificado como “Padrão” adicionou 20 μL da solução de proteínas com a concentração conhecida, ou seja, o Padrão que compõe o kit. No tubo identificado como “Amostra” adicionou 20 μL da amostra. No tubo identificado como branco adicione 20 μL de água destilada. Homogeneizou-se as soluções dos três tubos e incubou em banho maria por 10 minutos a 37ºC. Fez as leituras fotométricas do Padrão e da Amostra, mas para isso, foi necessário zerar o aparelho com o Branco em 545 n. Essa etapa de calibração antes de realizar a medição do “Padrão” e da “Amostra” é importante para se eliminar qualquer interferência dos reagentes nos resultados encontrados.  A cor encontrada no experimento é estável durante 1 hora.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (6.5 Kb)   pdf (127.5 Kb)   docx (562.7 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com