TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

. Descreva os tipos de transporte através da membrana.

Por:   •  10/11/2019  •  Seminário  •  1.730 Palavras (7 Páginas)  •  108 Visualizações

Página 1 de 7

[pic 1]

FACULDADE PRESIDENTE ANTONIO CARLOS DE UBERLÂNDIA.

Rua Barão de Camargos, 695 - Fundinho. Uberlândia, MG, CEP:38400Telefax: (34) 3291-2100

ATIVIDADE:  Relatório                      Estudo de caso        

                   Exercício                      Outros              

Disciplina

Fisiologia I

Data da Aplicação:

01/11/2017

Nota atribuida:

Professor

Ricardo Tomaz da Silva

Valor: 5,0 pontos

Assinatura Profº.:

                  

Nome do aluno: Angelo Luiz de Oliveira Neto

1. Descreva os tipos de transporte através da membrana.

Existem dois tipos o transporte passivo e o ativo, onde o passivo não a gasto de energia e o ativo a gasto de energia. No transporte passivo a 3 formas entre elas a difusão simples onde vai soluto do meio mais concentrado para o menos concentrado seguindo o gradiente de concentração, a osmose onde ocorre a passagem de solvente do meio mais concentrado em soluto para o meio menos concentrado em soluto e a difusão facilitada onde vai do meio mais concentrado em soluto para o menos concentrado com o auxilio de uma proteína carregadora que ajuda na passagem de substancias maiores. E no transporte passivo aonde vai contra o gradiente de concentração tirando de onde tem menos soluto para onde tem mais, um exemplo e a bomba de sódio e potássio.

2. Descreva as características das fibras musculares Brancas e Vermelhas, e ainda dos músculos lisos Unitários e Multiunitários.

Musculo branco: fibras maiores, reticulo sarcoplasmático extenso para armazenar cálcio, grande quantidade enzima glicolítica, vascularização menos extensa, menor quantidade de mitocôndria, respiração anaeróbia e rápida produção de ATP;

Musculo vermelho: fibras menores e mais finas, inervadas por fibras nervosas mais delgadas, sistema vascular extenso, maior quantidade de mitocôndria, respiração aeróbia e produção lenta de ATP.

Musculo unitário (visceral): existe em maior número, parede de vasos sanguíneos, tipo gap (estimula uma, consequentemente estimula todas);

Musculo multiunitario: as fibras são independentes, são excitadas por estímulos neural, nela você estimula cada uma particularmente.

3. Cite as estruturas que formam o aparelho cardiovascular, de um animal doméstico.

O aparelho cardiovascular e formado pelo coração que bombeia o sangue para o corpo, as artérias que conduzem o sangue rico em oxigênio para todo o corpo, as arteríolas que irrigam as células, os capilares que coletam o sangue das células e as veias que trazem o sangue rico em CO2 do corpo para o coração e no final o mandão pros pulmões que depois retornam pelas artérias para o coração.

4. Explique como ocorrem os processos de despolarização e repolarização da membrana celular e, sua importância para a fisiologia.

O processo de despolarização da membrana ocorre quando a membrana sofre um estimulo que a faz sair do seu potencial de repouso abrindo os canais de sódio, fazendo com que ele entre na célula e retirando o potássio tornando a célula eletricamente positiva, quando esses canais de sódio se fecham a bomba de sódio se liga e manda esse sódio de dentro da célula para fora e abre os canais de potássio para que ele volte para dentro da célula tornando a célula eletricamente negativa novamente, ocorrendo a repolarização.

5. Descreva o processo de contração do músculo liso e as diferenças deste processo em relação à contração da musculatura estriada esquelética.

No processo de contração do musculo liso ocorre a despolarização da membrana, ocorrendo à entrada de sódio e saída do potássio, o cálcio presente nas mitocôndrias vai se juntar a calmodulina formando o complexo CaCalm que ativa uma enzima chamada de miosina quinase que fosforaliza a cabeça da miosina que se liga a actina e ocorre o processo de contração muscular, quando o cálcio vai se esgotando surge outra enzima a miosina fosfatase que quebra essa ligação entre o cálcio e calmodulina que encerra o processo de contração do musculo liso ocorrendo a repolarização da membrana. A diferença em relação ao musculo estriado esquelético e a presença da calmodulina, e das enzimas miosina quinase e a miosina fosfatase, uma maior força de contração e não possuem troponina, tropomiosina ou retículos sarcoplasmáticos organizados.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (10.8 Kb)   pdf (154.9 Kb)   docx (23.9 Kb)  
Continuar por mais 6 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com