TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

A DETERMINAÇÃO DA MASSA MOLECULAR DE UM GÁS, E DETERMINAÇÃO DO TEOR DE CARBONATO NUMA AMOSTRA

Por:   •  24/10/2017  •  Ensaio  •  1.816 Palavras (8 Páginas)  •  165 Visualizações

Página 1 de 8

UNIVERSIDADE DE RIBEIRÃO PRETO – UNAERP

CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS, NATURAIS E TECNOLOGIA

CURSO DE ENGENHARIA QUÍMICA

Camila Inácia Borges Palmagnani- 813548
Leandro Soares Martins - 824229
Maria Carolina Bissoli - 823813

FÍSICO QUÍMICA

Ribeirão Preto

2017

Camila Inácia Borges Palmagnani- 813548
Leandro Soares Martins - 824229
Maria Carolina Bissoli - 823813

DETERMINAÇÃO DA MASSA MOLECULAR DE UM GÁS, E DETERMINAÇÃO DO TEOR DE CARBONATO NUMA AMOSTRA

Trabalho: apresentada à Universidade de Ribeirão Preto UNAERP, como requisito parcial para a obtenção da nota da prova parcial, disciplina de Físico-química

Orientador: Prof.Drª Maristela Martinez

Ribeirão Preto
2017


Sumário

1.0 - INTRODUÇÃO        4

1.1 GÁS IDEAL        4

1.2 LEI DE BOYLE        4

1.3 LEI DE CHARLES        5

1.4 LEI DAS PRESSÕES DE DALTON        6

2.0 - OBJETIVO        7

3.0- MATERIAIS        8

4.0 –PROCEDIMENTO EXPERIMENTAL        9

4.1 – DETERMINAÇÃO MOLECULAR DE UM GÁS        9

4.2 – DETERMINAÇÃO DO CARBONATO NUMA AMOSTRA        9

6.0 –RESULTADOS        11

4.1 – DETERMINAÇÃO MOLECULAR DE UM GÁS        11

6.2 – DETERMINAÇÃO DE CARBONATO EM UMA AMOSTRA        12

7.0 –CONCLUSÃO        16

7.1 –DETERMINAÇÃO MOLECULAR DA MASSA DE UM GÁS        16

7.2 – DETERMINAÇÃO DO CARBONATO EM UMA AMOSTRA        16

6.0 - BIBLIOGRAFIA        17


1.0 - INTRODUÇÃO

Gases são fluidos que apresentam baixa interação entre suas moléculas que apresentam a forma e o volume do recipiente que os contém. 

1.1 GÁS IDEAL

Dentro do estudo dos gases, há o conceito de gás ideal ou perfeito, ou seja comportamento dos gases reais aproxima-se, em certas condições, do comportamento dos gases ideais, obedecendo à lei dos gases (relação entre pressão, volume e temperatura). Os postulados da teoria cinética dos gases estabelecem que as moléculas do gás ideal ou perfeito deve apresentar:

  1. O movimento das moléculas é regido pelos princípios da mecânica Newtoniana;
  2. Os choques entre as moléculas são perfeitamente elásticos, ou seja, a quantidade de movimento é conservada;
  3. Não há atração e nem repulsão entre as moléculas;
  4. O volume de cada molécula é desprezível quando comparado com o volume total do gás.

1.2 LEI DE BOYLE

A lei de Boyle diz que em um sistema fechado em que a temperatura é mantida constante, verifica-se que determinada massa de gás ocupa um volume inversamente proporcional a sua pressão. Ou seja, se a pressão exercida por um gás em um sistema fechado for dobrada o volume irá diminuir pela metade. Essa lei é conhecida também como transformação isotérmica. 

Tal lei pode ser expressa matematicamente da seguinte forma:

[pic 1]

Onde:

p=pressão  em atm;

V=volume em litros;

K=constante que depende da massa, temperatura e natureza do gás.

Como esta constante é a mesma para um mesmo gás, ao ser transformado, é válida a relação:

[pic 2]

1.3 LEI DE CHARLES

A Lei de Charles diz que quando a pressão de um gás e constante, o volume ocupado pelo mesmo é diretamente proporcional a sua temperatura. Essa lei também é conhecida como transformação isobárica.

Tal lei pode ser expressa matematicamente da seguinte maneira:

[pic 3]

Onde:

T= temperatura em Kelvin (K);

V=volume em litros;

K=constante que depende da massa, temperatura e natureza do gás.

Como esta constante é a mesma para um mesmo gás, ao ser transformado, é válida a relação:

[pic 4]

1.3 LEI DE GAY-LUSSAC

Sua lei diz que quando o volume de determinado gás é constante, a pressão  de uma determinada massa de gás é proporcional a sua temperatura. Essa é conhecida como transformação isométrica.

Tal lei pode ser expressa matematicamente da seguinte maneira:

[pic 5]

Onde:

p= pressão em atm;

V=volume em litros;

K=constante que depende da massa, temperatura e natureza do gás.

Como esta constante é a mesma para um mesmo gás, ao ser transformado, é válida a relação:

[pic 6]

1.4 LEI DAS PRESSÕES DE DALTON

Quando ou mais gases que não reagem quimicamente são colocados em um reservatório, a pressão exercida por cada um na mistura é a mesma se ele estivesse sozinho em um reservatório. Essa pressão é conhecida como pressão parcial e é dada  pela somatórias de todas as pressões dos gás:

[pic 7]

Se relacionarmos as leis de Boyle, Charles, Gay-Lussac associado ao Princípio de Avogadro temos a Lei do gás ideal que é dada pela seguinte formula:

[pic 8]

Onde :

P= Pressão em atm

V= Volume em litros,

n= número de mols,

R= Constante universal dos gases ,

T= Temperatura em Kelvin,

Princípio de Avogadro: 1 mol de qualquer gás nas Condições Normais de Temperatura e Pressão (CNTP - 1 atm e 273 K (0ºC)), o volume ocupado será sempre de 22,4 L (volume molar).


2.0 - OBJETIVO        

Este relatório tem por objetivo interpretar as leis que reagem o comportamento dos gases ideais, utilizar a equação da lei do gás ideal, medir o volume e a massa de um gás e utilizar a pressão de vapor no cálculo da pressão de um gás coletado sobre a água.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (11.8 Kb)   pdf (241.8 Kb)   docx (27.6 Kb)  
Continuar por mais 7 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com