TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

A LÍNGUA NO MUNDO ATUAL

Tese: A LÍNGUA NO MUNDO ATUAL. Pesquise 832.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  3/9/2013  •  Tese  •  1.434 Palavras (6 Páginas)  •  401 Visualizações

Página 1 de 6

Introdução

Sabe-se que a língua portuguesa é umas das mais difíceis de ser aprendida e ensinada, até para nós, os brasileiros, que fazemos o uso freqüente dela.

O português também é falada em outros vários países como veremos logo mais a seguir.

A língua por sua vez é bonita e apreciada em vários lugares mesmo sendo difícil o seu aprendizado. Seu histórico é muito extenso, durante as trocas dos séculos ela foi sofrendo modificação, para sua melhor pronuncia.................

A LÍNGUA PORTUGUESA

A língua portuguesa tem uma das histórias mais fascinantes entre as línguas de origem européia. Em razão das navegações portuguesas nos séculos XV e XVI, tornou-se um dos poucos idiomas presentes na África, América, Ásia e Europa, sendo falado por mais de 200 milhões de pessoas

HISTÓRICO

Na região central da atual Itália, o Lácio, vivia um povo que falava latim. Existiam duas modalidades do latim: o latim vulgar (sermo vulgaris, rusticus, plebeius ) e o latim clássico ( sermo litterarius, eruditus, urbanus). O latim vulgar era somente falado. O latim clássico era a língua falada e escrita, apurada, artificial, rígida, era o instrumento literário usado pelos grandes poetas, prosadores, filósofos, retóricos. A modalidade do latim imposta aos povos vencidos era a vulgar.

Apesar de possuírem uma cultura muito desenvolvida, esta era muito diferente da cultura local o que gerou resistência por parte do povo. O árabe foi falado ao mesmo tempo, em que o latim (romanço). Embora bárbaros e árabes tenham permanecido muito tempo na península, a influência que exerceram na língua foi pequena, ficou restrita ao léxico, pois o processo de romanização foi muito intenso . A língua falada nessa parte ocidental da Península era o galego-português que com o tempo foi diferenciando-se: no sul, português, e no norte, galego, que foi sofrendo mais influência do castelhano pelo qual foi anexado.

EVOLUÇÃO

Destacam-se alguns períodos:

1) Fase Proto-histórica

Compreende o período anterior ao século XII, com textos escritos em latim bárbaro (modalidade usada apenas em documentos, por esta razão também denominada de latim tabeliônico).

2) Fase do Português Arcaico

Do século XII ao século XVI, compreendendo dois períodos distintos:

a) do século XII ao XIV, com textos em galego-português;

b) do século XIV ao XVI, com a separação entre o galego e o português.

3) Fase do Português Moderno

Inicia-se a partir do século XVI, quando a língua se uniformiza, adquirindo as características do português atual. A literatura renascentista portuguesa, notadamente produzida por Camões, desempenhou papel fundamental nesse processo de uniformização. Em 1536, o padre Fernão de Oliveira publicou a primeira gramática de Língua Portuguesa, a "Grammatica de Lingoagem Portuguesa". Seu estilo baseava-se no conceito clássico de gramática, entendida como "arte de falar e escrever corretamente".

A LÍNGUA NO MUNDO ATUAL

Atualmente, o português é língua oficial de oito países (Portugal, Brasil, Angola, Moçambique, Guiné-Bissau, Cabo Verde, São Tomé e Príncipe, Timor Leste). Apesar da incorporação de vocábulos nativos e de modificações gramaticais e de pronúncia próprias de cada país, as línguas mantêm uma unidade com o português de Portugal.

O Português é a sétima língua mais falada do planeta, terceira entre as línguas ocidentais, depois do inglês e do espanhol.

O português também é falado em pequenas comunidades, reflexão de povoamentos portugueses datados do século XVI, como é o caso de:

Zanzibar (na Tanzânia, costa oriental da África)

Macau (ex-possessão portuguesa encravada na China)

Goa, Diu, Damão (na Índia)

Málaca (na Malásia)

OS LUSUFALANTES

O mundo lusófono (que fala português) é avaliado hoje entre 190 e 230 milhões de pessoas. O português é a oitava língua mais falada do planeta, terceira entre as línguas ocidentais, após o inglês e o castelhano.

O português é uma das línguas oficiais da União Europeia (ex-CEE) desde 1986, quando da admissão de Portugal na instituição. Em razão dos acordos do Mercosul (Mercado Comum do Sul), do qual o Brasil faz parte, o português é ensinado como língua estrangeira nos demais países que dele participam.

Em 1996, foi criada a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), que reune os países de língua oficial portuguesa com o propósito de aumentar a cooperação e o intercâmbio cultural entre os países membros e uniformizar e difundir a língua portuguesa

PECULIARIDADES

Estas são peculiaridaes sintáticas apresentadas da lingua portuguesa falada no brasil neste século, bem como registrar o ingresso e permanência de algumas dessas na literatura e na escrita culta atual.

Em prime ra partida, precisa-se lembrar que a estrutura de uma língua reside principalmente na sintaxe. É nessa parte da gramática que se encontram os maiores impasses e objeções no que diz respeito à aceitação das diferenças entre o português do brasil e o português de portugal.

Exemplos abaixo:

1 - colocação pronominal livre: me disseram, poderia se sentar

Lê-se em joão ribeiro (1979, pp.52-3):

O brasileiro diz comumente:

- me diga... Me faça o favor...

É esse um modo de dizer de grande suavidade e doçura ao passo que o ‘diga-me’ e o “faça-me” são duros e imperativos.

O modo brasileiro é um pedido; o modo português é uma ordem.

Em “me diga” pede-se: em “diga-me” ordena-se. Assim, pois, somos inimigos da ênfase e mais inclinados às intimidades.

Desenvolvendo

...

Baixar como (para membros premium)  txt (9.5 Kb)  
Continuar por mais 5 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com