TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Analise Ergonómica Reboco

Por:   •  6/11/2019  •  Trabalho acadêmico  •  575 Palavras (3 Páginas)  •  4 Visualizações

Página 1 de 3

Análise ergonômica da atividade ‘REBOCO’

10º período de Eng. Civil A noturno

Esta atividade, que pertence a etapa de acabamento, é marcada pela utilização de diversas ferramentas, processos de trabalho que exige grande amplitude de movimento, esforço físico no transporte de materiais, repetitividade de movimentos.

Alguns aspectos merecem atenção para que não se torne problema de origem ergonômica, pois quando há exigências de força e repetitividade elevada podem ocasionar sobrecarga do sistema musculoesquelético e até evoluir para LER/DORT.

Boas práticas devem ser adotadas, já que é possível reduzir a realização de esforços intensos por meio do uso de equipamentos e ferramentas adequadas, além do planejamento do trabalho, que é essencial para reduzir o esforço. É necessário observar que, a repetitividade não pode ultrapassar a capacidade fisiológica do individuo, a postura deve ser favorável ao exercício da função, não realizar esforço acima da capacidade, não deve ser exigido do trabalhados ritmos e volumes de produção além do que é possível de ser praticado e longas jornadas de trabalho, as vezes motivadas por horas extra e gratificação.

As condições de trabalho devem ser analisadas, é necessário conforto nos locais de trabalho e condições sanitárias adequadas, e devem ser observadas as áreas e alturas dos planos de trabalho, distancia e área de visão e ferramentas e equipamentos manuais. Na apreciação global do local de trabalho nem todas as recomendações foram satisfeitas e há por isso de posturas e movimentos menos recomendáveis.

A atividade física geral é determinada de acordo com o nível de atividade física exigido pelo trabalho, pelos métodos e pelos equipamentos utilizados. O nível de atividade física depende dos métodos de produção ou da organização do trabalho. O risco de sobrecarga devido a picos de trabalho está presente em algumas situações. O espaço de trabalho, o equipamento e os métodos limitam os movimentos do operador. Existe a possibilidade do trabalhador se movimentar durante as pausas.

As tarefas de elevação em posição média há uma distancia de pega grande, com carga elevada.

As posturas e movimentos devem ser analisados:

• Pescoço e ombro: há rotação ou flexão do pescoço e/ou elevação dos braços ao nível do ombros.

• Cotovelos e pulsos: braços em contracção estática e/ou repetição do mesmo movimento durante longos períodos.

• Costas: rotação e inclinação do tronco sem apoio.

• Ancas e pernas: de pé com mal apoiado, ou ajoelhado ou agachado.

O

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3.9 Kb)   pdf (31.2 Kb)   docx (8.5 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com