TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO ANALISE DE ACIDENTE

Por:   •  13/9/2020  •  Pesquisas Acadêmicas  •  573 Palavras (3 Páginas)  •  3 Visualizações

Página 1 de 3

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL – UNISC

Mariana Brescovit Winterhalter

ANÁLISE DE ACIDENTES – HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO

Santa Cruz do Sul

2019

BRAINSTORMING – TEMPESTADE DE IDEIAS

Os funcionários de uma construtora que escalou a equipe para prestar serviços em uma determinada obra na cidade de Cabedelo, na Grande João Pessoa, sofreram um acidente de soterramento, após uma carga de areia e blocos sólidos caírem em cima dos funcionários que estavam trabalhando em uma tubulação. Conforme relato dos bombeiros, os operários estavam trabalhando em uma vala e os mesmos estavam retirando o material de uma tubulação.

A vala possuía uma profundidade de aproximadamente um metro e meio e todos os trabalhadores estavam devidamente registrados obedecendo as normas de legislação, contudo usando EPIs. Contudo isso, os blocos de concreto caíram em cima dos trabalhadores junto com o volume de areia.

No momento do acidente quatro funcionários trabalhavam no local, no qual foram resgatados por trabalhadores de uma empresa terceirizada de concretagem que também atuavam na mesma obra.

        Conforme relato de testemunhas, sete viaturas e mais de vinte bombeiros estiveram no local prestando socorro as vítimas, dois feridos foram encaminhados ao Hospital de João Pessoa com suspeita de fratura na perna.

DIAGRAMA DE YSHIKAWA[pic 1]

RELATÓRIO DE CAUSAS

  1. RELATO DO ACIDENTE

  • Quatro trabalhadores sofrem um acidente quando trabalhavam em uma escavação, retirando blocos sólidos e areia de uma tubulação;
  • Um funcionário veio a falecer e dois estão hospitalizados;
  • Os trabalhadores desta construtora estavam devidamente registrados e utilizando os EPIs.

  1. CAUSAS LEVANTADAS DURANTE O BRAINSTORING
  • Riscos comuns: operação de máquinas;
  • Sobrecarga nas bordas dos taludes;
  • Aumento da umidade do solo;
  • Vibrações na obra e adjacentes;
  • Falta de treinamento adequado para a equipe;
  • Ausência de um técnico qualificado na execução da obra;
  • Materiais retirados e colocados próximos da borda da escavação;
  • Falta de APR (Análise Preliminar de Riscos).
  1. CONCLUSÃO

     É possível concluir pela análise do acidente que tiveram vários agravantes para as causas da circunstância, tais como: não havendo escoramento das paredes da escavação (somente EPIs e não EPCs), falta de um técnico/responsável qualificado para vistoriar a obra, imperícia do operador da máquina, pois o mesmo colocou o material retirado próximo da borda da vala o que fez ocasionar uma sobrecarga na extremidade. Também com a vibração da máquina que estava trabalhando no local.

  1. PARTICIPANTES DO BRAINSTORMING

  • Operários da obra;
  • Funcionários da empresa terceirizada de concretagem;
  • Operadores de máquinas.

PLANO DE AÇÃO

O QUE

QUEM

ONDE

COMO

QUANDO

Ação a ser tomada

Responsável pela ação

Local onde a ação será tomada

Como será tomada a ação

Prazo para execução da ação

Fornecimento de EPIs e EPCs.

Operantes técnicos e responsáveis pela execução da obra.

Local específico onde haverá escavações.

Será realizado uma análise prévia do local da escavação. Após isto, fazer a sinalização do mesmo com equipamentos de sinalização. O responsável técnico precisa fazer a orientação ao operador da máquina, para realizar a escavação em área demarcada e segura, colocando o material retirado em uma distância conforme a NR18. Em seguida, instalar escoras na vala para evitar riscos de desmoronamento/deslizamento. Instalação de escadas de acesso em locais estratégicos que permitam a saída rápida dos funcionários em caso de emergência.

Eliminar os riscos antes de iniciar a execução do serviço.

Uso de escoras para escavações (escoramento de valas).

Treinamento para os funcionários que forem trabalhar em locais de risco (NR18).

Análise da área a ser escavada.

Fazer APR antes de iniciar a execução da obra.

Presença de um responsável técnico no acompanhamento da obra.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (4.3 Kb)   pdf (130 Kb)   docx (70.2 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com