TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS

Por:   •  21/12/2016  •  Trabalho acadêmico  •  2.827 Palavras (12 Páginas)  •  290 Visualizações

Página 1 de 12

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS

CAMPUS MANAUS DISTRITO INDUSTRIAL

CURSO DE MECATRÔNICA – ELETRÔNICA ANALÓGICA

CLASSE DE AMPLIFICADORES

MANAUS-AM[pic 1]

2016

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS

CAMPUS MANAUS DISTRITO INDUSTRIAL

CURSO DE MECATRÔNICA – ELETRÔNICA ANALÓGICA

EIMEC21-B

- NOME DO INTEGRANTE.........................................................2015112060***

- JOSÉ LUIZ AMÉRICO...............................................................2015112060***

CLASSE DE AMPLIFICADORES

Trabalho referente à disciplina de ELETRÔNICA ANALÓGICA, do segundo ano do Ensino Médio Integrado ao Técnico em Mecatrônica do Instituto Federal do Amazonas, como requisito para obtenção de nota da disciplina.

Orientador: Fernando Almeida

MANAUS-AM[pic 2]

2016

SUMÁRIO

OBJETIVO...........................................................................................................4

INTRODUÇÃO.....................................................................................................5

O QUE É UM AMPLIFICADOR...........................................................................6

1    –CLASSE DOS AMPLIFICADORES............................................................7

  1. AMPLIFICADOR CLASSE A.....................................................................7
  2. AMPLIFICADOR CLASSE B...................................................................12
  3. AMPLIFICADOR CLASSE AB................................................................16
  4. AMPLIFICADOR CLASSE C..................................................................19
  5. AMPLIFICADOR CLASSE D..................................................................20

 CONCLUSÃO....................................................................................................22

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS.................................................................23


OBJETIVO[pic 3]

Demostrar o funcionamento dos amplificadores classe A, B, C, D e AB, e demostrar e comprovar seu melhor ponto de operação no gráfico.

INTRODUÇÃO

Ao utilizarmos  amplificadores  de  potência,  cuja  finalidade  seja  excitar  um  transdutor  qualquer  que  necessite  de  elevada  potência  para  seu  acionamento,  a  escolha  dos  componentes,  dos  métodos  de  cálculo,  enfim,  todas  as  considerações acerca do projeto desse novo estágio serão bem diferentes das adoptadas para o projeto de circuitos pré-amplificadores,  que  trabalham  com  sinais  de  baixo  nível.  Dessa  forma,  devemos  levar  em  consideração  qual  a  potência que deve ser obtida, qual será a excursão de corrente e a tensão do coletor, e ambas aliadas a um mínimo de distorção exigido. Um exemplo, são os circuitos digitais que fornecem baixa tensão e corrente, e, que por isso necessita de um amplificador para acionar uma carga externa.

  • O QUE É UM AMPLIFICADOR?

         Amplificador é um equipamento que utiliza uma pequena quantidade de energia para controlar uma quantidade maior. Em sua utilização mais coloquial, o termo se refere a amplificadores eletrônicos, principalmente aqueles usados para aplicações de áudio e para transmissão de rádio. A relação entre a entrada e a saída de um amplificador, geralmente expressa em função da frequência de entrada, é denominada função de transferência do amplificador, e a magnitude da função de transferência é denominada de ganho.

CLASSE DOS AMPLIFICADORES

  1. AMPLIFICAOR CLASSE A:

No amplificador classe A, o sinal de saída deve ser uma cópia exata do sinal aplicado à sua entrada. Neste caso, o transístor deve conduzir durante todo o ciclo do sinal de entrada. Operando em classe A, pode haver distorção do sinal de saída, mas isto pode ser evitado se o transístor operar na sua região linear. Uma operação em classe A acha-se delineada na figura 1.

  • O circuito:

[pic 4]

  • Sua vantagem:

A vantagem da amplificação classe A é a de não ter a distorção por crossover, mas, por outro lado, consome muita energia da fonte, tornando seu rendimento baixo, principalmente se o circuito for alimentado por pilhas ou baterias.

  • Gráfico Ic x Vce:

[pic 5]

  • Resultado:

Pode ser visto, pelo gráfico do amplificador que seu melhor ponto de operação é no meio do gráfico, e que, o sinal de saída deve ser uma cópia exata do sinal aplicado à sua entrada. Neste caso, o transístor deve conduzir durante todo o ciclo do sinal de entrada.

  • Análise DC:

[pic 6]

  • Análise AC:

[pic 7]

  • Reta de carga em corrente contínua e alternada:

[pic 8]

  • Amplitude máxima de saída:

[pic 9]

Como vimos anteriormente, rB e Uth indicados na figura de análise AC representam o equivalente de thévenin visto da base, para a esquerda, em que rB é dada pela expressão indicada a seguir e a tensão de thévenin será um divisor de tensão entre o paralelo de R1 e R2 com a resistência da fonte, relativamente à fonte de sinal. Uth representa o sinal que chega à base do transístor. A resistência em corrente alternada, do coletor é o paralelo de Rc com RL cuja expressão também se indica a seguir:

...

Baixar como (para membros premium)  txt (19.7 Kb)   pdf (370.1 Kb)   docx (778.8 Kb)  
Continuar por mais 11 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com