TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Meteorologia (do grego meteoros, que significa elevado no ar, e logos, que significa estudo) é a ciência que estuda o dinamismo das características físicas e químicas da atmosfera terrestre.

Por:   •  23/10/2017  •  Trabalho acadêmico  •  503 Palavras (3 Páginas)  •  172 Visualizações

Página 1 de 3

Aula 01

Parte da turma já fez o técnico e teve essa matéria, é interessante que vamos unir os conhecimentos, pois tenho conhecimento com ótica ambiental.

Meteorologia (do grego meteoros, que significa elevado no ar, e logos, que significa estudo) é a ciência que estuda o dinamismo das características físicas e químicas da atmosfera terrestre.

Climatologia estuda os fenômenos atmosféricos do ponto de vista de suas propriedades estatísticas que se refere á médias e variabilidade, para caracterizar o clima em função da localização geográfica, estação do ano, hora do dia, etc.

O clima intervém em tudo, desde objetos de simples observação como distribuição da fauna e flora, como naqueles em se necessita um estudo mais prolongado como a formação do solo, através da decomposição das rochas, o que gera as diversas formas de relevo regime dos rios, entre outros.

Kopen afirma que “clima é o somatório das condições atmosféricas de um determinado lugar”. Sendo que a atmosfera é “palco” onde atuam os diversos fatores e elementos climatológicos e meteorológicos, possui cerca de 10.000 Km e é dividada em parte quanto a quantidade de gases predominantes existentes nela, essa parte de exosfera, termosfera, mesosfera e troposfera, vou “pular” por assim dizer pois assim que fomos estudando os elementos e os fatores vamos familiarizando com os conceitos e são características que já temos um conhecimento básico (quem tiver curiosidade pode dar uma lida neste livro).

Meteoros na meteorologia são fenômenos vistos na atmosfera em decorrencia da pressão, sendo essa (pressão) é um elemento do fator altidude..

Em Meteorologia o termo meteoro é aplicado a qualquer fenômeno, diferente de uma nuvem, que seja observado na atmosfera, ou à superfície terrestre, decorrente da presença da atmosfera. Esses fenômenos podem resultar da suspensão, depósito ou precipitação de partículas sólidas ou líquidas, de natureza aquosa ou não. Alguns meteoros são, ainda, manifestações de natureza ótica ou elétrica. Considerando a constituição e as condições de formação dos meteoros, é possível classificá-los em quatro grupos: hidrometeoros, litometeoros, fotometeoros e eletrometeoros. 

HIDROMETEORO: É um meteoro constituído por um conjunto de partículas de água, na fase líquida ou sólida, em queda livre ou em suspensão na atmosfera, ou levantadas da superfície terrestre pelo vento, ou depositadas sobre objetos, ou ainda no solo ou na atmosfera livre. Os hidrometeoros mais comuns são os seguintes: Chuva, Chuvisco ou Garoa, Sereno, Neve, Pelotas de Neve, Neve Granular, Pelotas de Gelo, Saraiva, Nevoeiro, Névoa, Tempestade de Neve, Orvalho, Geada, Escarcha Branca, Escarcha Transparente, Tromba.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3.5 Kb)   pdf (69.5 Kb)   docx (9.6 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com