TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

RELATÓRIO DE FENÔMENOS DOS TRANSPORTES

Por:   •  3/4/2017  •  Pesquisas Acadêmicas  •  1.077 Palavras (5 Páginas)  •  46 Visualizações

Página 1 de 5

FENÔMENOS DOS TRANSPORTES

  1. LEI DE STEVIN E APLICAÇÕES

  1. CALCULAR O PESO ESPECIFICO DO ÓLEO
  2. E A DIFERENÇA DE PRESSÃO ENTRE OS NÍVEIS I E II.

MSC Gustavo Jose farias

Alunos : Rafael de Souza Carvalhaes de Oliveira

Jeanderson dos Santos Moraes

Renato Nunes de Souza

Edinalda Santos

Diller Cristiano de Oliveira

Sidvan Carmo de Oliveira

  1. SUMÁRIO

1-        LEI DE STEVIN E APLICAÇÕES        2

2-        SUMÁRIO        3

3-        RESUMO        4

4-        INTRODUÇÃO        5

5-        OBJETIVO GERAL        6

6-        OBJETIVOS ESPECÍFICOS        6

7-        MATÉRIAS UTILIZADOS        7

8-        PROCEDIMENTO EXPERIMENTAL        9

9-        RESULTADOS E DISCUSSÕES        11

10-CONSIDERAÇÕES FINAIS        13

BIBLIOGRAFIA:        14

  1. RESUMO

O relatório apresenta resultados dos experimentos realizados em laboratório, com base no conteúdo dado em aula, referente ao Teorema de Stevin – Lei fundamental da Hidrostática ministrado pelo MSC. Gustavo José Farias, onde calcula –se a variação de pressão hidrostática que ocorre nos fluidos de acordo com a variação de profundidade do Becker resultando tabelas e gráficos nos mostrando que a inclinação da reta da agua é maior do que o óleo, e a conclusão desta análise.  

  1. INTRODUÇÃO

O experimento consiste em aplicações da Lei de Stevinsobre a pressão dos líquidos e a influência da pressão atmosférica no experimento. A Lei de Stevin é fundamental para a Hidrostática, o Teorema de Stevin determina a variação da pressão hidrostática que ocorre nos fluidos sendo descrito pelo enunciado de que diferença entre pressões de dois pontos de um fluido em equilíbrio (repouso) é igual ao produto entre a densidade do fluido, a aceleração de gravidade e a diferença entre as profundidades dos pontos (1). Esse postulado proposto pelo físico e matemático flamengo. Simon Stevin (1548-1620), contribuiu demasiado para os avanços da hidrostática. A teoria que focasse no deslocamento dos corpos nos fluidos, Stevin propôs o conceito de paradoxo hidrostático, donde a pressão de um liquido independente da forma do recipiente de modo que dependera, tão somente da altura da coluna liquida do recipiente.

PB - PA = dghB - dghA

PB - PA = dg (hB - hA)

PB - PA = dgh

PB = PA + dgh

Utilizando essa constatação, para um líquido em equilíbrio cuja superfície está sob ação da pressão atmosférica, a pressão absoluta (P) exercida em um ponto submerso qualquer do líquido seria:

P = Patm + Phidrost = Patm + d g h

  1. OBJETIVO GERAL

Consistiu em fazer os cálculos de pressões e a taxa de variação de acordo com a as alturas aferidas através dos manômetros, preenchemos as tabelas, e conforme orientação, aplicamos os dados obtidos em equação de Stevin.

  1. OBJETIVOS ESPECÍFICOS

O objetivo deste experimento, foi primeiramente, verificar a olho nu, sem comprovação por meio de cálculos as variações de pressão em diferentes fluidos e os em distintas situações. Logo após, por meio dos dados coletados, realizar os cálculos, afim de comprovar a variação de pressões entre os fluidos.

  1. Analisar a lei de Stevin e sua contribuição
  2. Conceituar os fluidos e suas propriedades fundamentais
  3. Manusear o painel hidrostático
  4. Determinar a variação de pressão em relação a profundidade do Becker
  5. Confeccionar e analisar gráficos

  1. MATÉRIAS UTILIZADOS

Painel hidrostático

[pic 1]

Becker de 250 ml

[pic 2]

Seringa de 10 ml

[pic 3]

Prolongador

[pic 4]

. 250 ml agua

. 05 ml óleo

  1. PROCEDIMENTO EXPERIMENTAL

O primeiro contato com o painel hidrostático, verificou-se que já havia um líquido no monômetro o qual foi retirado com o auxílio da seringa e extensor, subsequente foi feito a mistura da água com e adicionada com auxílio da seringa e extensor até alcançar a medida de 40mm. Depois se encheu o Becker com 200 ml de agua limpa ajustando o medidor de painel até formar a primeira bolha, onde a mesma se formou na medida de 1mm, e logo foi tomado nota da variação de pressão no manômetro, este procedimento repete-se 4 vezes fazendo de 5 em 5mm.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (7.1 Kb)  
Continuar por mais 4 páginas »