TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

TRABALHO PARA MODELO NÃO COPIE APENAS CONSULTE POIS AO COPIÁ-LO VOCÊ ESTARÁ PLAGIANDO PLAGIO É CRIME E ESTE TRABALHO É FACILMENTE

Por:   •  17/3/2016  •  Trabalho acadêmico  •  4.539 Palavras (19 Páginas)  •  310 Visualizações

Página 1 de 19

UNIVERSIDADE PAULISTA - UNIP

CAMPUS – JARDIM LIMOEIRO

[pic 1]

Nome:

TRABALHO PARA MODELO NÃO COPIE APENAS CONSULTE POIS AO COPIÁ-LO VOCÊ ESTARÁ PLAGIANDO

PLAGIO É CRIME E ESTE TRABALHO É FACILMENTE

ENCONTRADO.

R.A:

Turma:

PONTES

São José dos Campos, 2015.

UNIVERSIDADE PAULISTA - UNIP

CAMPUS – JARDIM LIMOEIRO

Nome:

TRABALHO PARA MODELO NÃO COPIE APENAS CONSULTE POIS AO COPIÁ-LO VOCÊ ESTARÁ PLAGIANDO

PLAGIO É CRIME E ESTE TRABALHO É FACILMENTE

ENCONTRADO.

R.A:

Turma:

PONTES

Trabalho apresentado como requisito parcial para obtenção do conhecimento de estruturas que compõe a fabricação de pontes, no Curso de Engenharia Básica,   pela   Universidade Paulista.

Profº.

São José dos Campos 2015.


Sumário

  1. INTRODUÇÃO        3
  2. HISTÓRIA DAS PRIMEIRAS PONTES        4
  1. As Pontes Romanas        4
  2. Idade Média        4
  3. Renascença        5
  1. CONCEITOS DE PONTES        6
  1. Principais Tipos de Pontes        6
  1. PONTES EM VIGA        8
  1. Forças de Compressão        9
  2. Forças de Tração        9
  3. Forças de Dissipação        9
  4. Força da Tesoura        10
  1. PONTES EM ARCO        11
  1. Forças de Compressão        11
  2. Forças de Tração        11
  1. PONTES SUSPENSAS        13
  1. Forças de Compressão        13
  2. Forças de Tração        13
  1. TIPOS DE PONTES SUSPENSAS        14
  1. Ponte Estaiada        14
  2. Ponte Pênsil        15
  3. Forças de Torção        15
  4. Forças de Ressonância        16
  5. Forças da Natureza        16

ANEXOS        18

CONCLUSÃO        19

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS        20


  1. INTRODUÇÃO

A Ponte é uma construção que interliga um caminho obstruído pelos obstáculos naturais ou artificiais, possibilitando a travessia de pedestres, a passagem de automóveis, comboios, canalizações ou condutas de água. Quando é construída sobre um cursor d’água, o seu tabuleiro é calculado de forma que sua altura possibilite a passagem de embarcações com segurança sob a sua estrutura e costuma-se chamar de viaduto quando construída sobre um meio seco.

As primeiras pontes eram construídas de troncos de arvores e depois passou a ser construída por pranchas de madeira, mais tarde vieram às pontes em arco, construídas com pedras, pelos italianos. Nesse período foram se espalhando pela França e Inglaterra, onde começaram a surgir novas técnicas e tecnologias.

No século XIX, deu origem a Revolução Industrial, que desenvolveu os sistemas de fabricação do aço, as correntes metálicas e fios de aço entrelaçados.

Com a evolução destas técnicas, foram criados diversos estudos e projetos visando minimizar os efeitos da natureza, nos dias atuais são construídas pontes em viga, treliçadas, suspensas e as famosas estaiadas que dão importantes instabilidade para estrutura.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (27.3 Kb)   pdf (810 Kb)   docx (602 Kb)  
Continuar por mais 18 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com