TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Tecnologia No Pais

Artigos Científicos: Tecnologia No Pais. Pesquise 829.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  20/3/2014  •  681 Palavras (3 Páginas)  •  312 Visualizações

Página 1 de 3

professor Luiz Carlos Cabrera comenta uma pesquisa feita pela consultoria PricewaterhouseCoopers com 4.000 jovens de 65 países que traçou um retrato da geração de profissionais nascidos de 1980 a 2000. Chama a atenção, em particular, o fato de 70% dos entrevistados afirmarem ter aberto mão de alguma expectativa para conquistar o atual emprego. Uma razão talvez seja o desejo que essa geração sente de equilibrar vida pessoal e trabalho — uma perspectiva que acaba sendo frustrada pelo ritmo frenético do trabalho atual.

Outra projeção mostra que 52% dos entrevistados definem como principal razão para ficar num emprego a possibilidade de progredir de forma rápida na carreira. Aqui entra em cena o conceito da porta estreita. O caminho do crescimento profissional passa por uma porta de abertura diminuta. Nem todos passam por ela.

Chegar ao outro lado exige uma estratégia definida e algumas táticas. A seleção natural da carreira pode ser cruel. Pela porta estreita, somente passam aqueles que, além de se preparar, de entender o contexto da empresa e de saber fazer alianças e parcerias, adquirem a capacidade de reagir às frustrações. Por isso, é importante ter um plano, para que não se percam no presente oportunidades relacionadas com o futuro.

Fonte: Adaptado de Cabrera, Luiz Carlos. Para crescer na carreira, deve-se passar por port professor Luiz Carlos Cabrera comenta uma pesquisa feita pela consultoria PricewaterhouseCoopers com 4.000 jovens de 65 países que traçou um retrato da geração de profissionais nascidos de 1980 a 2000. Chama a atenção, em particular, o fato de 70% dos entrevistados afirmarem ter aberto mão de alguma expectativa para conquistar o atual emprego. Uma razão talvez seja o desejo que essa geração sente de equilibrar vida pessoal e trabalho — uma perspectiva que acaba sendo frustrada pelo ritmo frenético do trabalho atual.

Outra projeção mostra que 52% dos entrevistados definem como principal razão para ficar num emprego a possibilidade de progredir de forma rápida na carreira. Aqui entra em cena o conceito da porta estreita. O caminho do crescimento profissional passa por uma porta de abertura diminuta. Nem todos passam por ela.

Chegar ao outro lado exige uma estratégia definida e algumas táticas. A seleção natural da carreira pode ser cruel. Pela porta estreita, somente passam aqueles que, além de se preparar, de entender o contexto da empresa e de saber fazer alianças e parcerias, adquirem a capacidade de reagir às frustrações. Por isso, é importante ter um plano, para que não se percam no presente oportunidades relacionadas com o futuro.

Fonte: Adaptado de Cabrera, Luiz Carlos. Para crescer na carreira, deve-se passar por porta estreita. Revista Você S/A. Ed 184, set.2013. Disponível em http://exame.abril.com.br/revista-voce-sa/edicoes/184/noticias/a-porta-estreita?page=2. Acesso em: 08 jan. 2014.

a estreita. Revista Você S/A. Ed 184, set.2013. Disponível em http://exame.abril.com.br/revista-voce-sa/edicoes/184/noticias/a-porta-estreita?page=2. Acesso em: 08 professor Luiz Carlos Cabrera comenta uma pesquisa feita pela consultoria PricewaterhouseCoopers com 4.000 jovens de 65 países que traçou um retrato da geração de profissionais nascidos de 1980 a 2000. Chama a atenção, em particular, o fato de 70% dos entrevistados afirmarem ter aberto

...

Baixar como (para membros premium)  txt (4.6 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com