TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Toxilogia Ambiental

Por:   •  21/10/2012  •  2.604 Palavras (11 Páginas)  •  783 Visualizações

Página 1 de 11

TOXICOLOGIA AMBIENTAL:

Desde que o homem habita a face da Terra várias de suas ações resultam no lançamento de

substâncias químicas nos diversos compartimentos do meio ambiente. No início, o incremento

dessas substâncias era ínfimo e não chegava a comprometer o ecossistema. Entretanto, com o

crescimento da população, a industrialização, o desenvolvimento tecnológico e o uso de praguicidas

e fertilizantes na agropecuária acabaram por resultar o desequilíbrio no ecossistema causando

eliminação de diversas espécies animais, vegetais e até o ser humano.

Na área da toxicologia ambiental é necessário conhecer as fontes de poluição; a interação

dos poluentes com os componentes da atmosfera; os mecanismos naturais de remoção dos

mesmos e fatores geográficos e climáticos que aumentam ou diminuem o risco, com o objetivo de

se estudarem os efeitos nocivos decorrentes da exposição a esses xenobióticos.

Com o objetivo de verificar as condições de risco para as medidas preventivas como

monitorização ambiental e biológica além do controle das fontes emissoras de poluição.

Assim a toxicologia ambiental estuda os efeitos nocivos causados em organismos vivos

pelas substâncias químicas presente no meio ambiente, ou seja, os efeitos tóxicos em determinada

espécie biológica, principalmente o homem, enquanto na ECOTOXICOLOGIA estuda-se o impacto

das substâncias químicas sobre as populações das diversas espécies que constituem os

ecossistemas.

“Poluição atmosférica é qualquer alteração quali ou quantitativa

da constituição normal da atmosfera suficiente para produzir

um efeito mensurável sobre o homem, outros animais, vegetais e minerais.”

FONTES DE CONTAMINAÇÃO:

- Naturais: provenientes de fenômenos da natureza.

* atividade vulcânica

* incêndios florestais

* maré vermelha

* acúmulo de arsênio em animais marinhos ou água

-Antropogênicas: decorrentes das atividades humanas.

* esgoto e lixo doméstico e industrial

* veículos automotores

*queima de combustível

*queimadas

* fertilizantes

*praguicidas

O homem no meio ambiente está exposto aos contaminantes ou poluentes presentes no ar,

água e solo. Muitas dessas substâncias são levadas do ambiente para o homem por meio de

alimentos contaminados. A poluição não é estática, existe uma troca dinâmica entre os diversos

compartimentos do ambiente, e há diversas vias de introdução dos xenobióticos no homem. Fig 1

Um novo conceito em Educação

4

Figura 1: Inter-relação dos contaminantes presentes nos diversos compartimentos do meio

ambiente.

PRAGUICIDAS:

Os praguicidas, segundo a Organização para Agricultura e Alimentação das Nações Unidas

(FAO), são produtos químicos ou quaisquer substâncias ou misturas de substâncias destinadas à

prevenção, à destruição ou ao controle de qualquer praga, incluindo os vetores de doenças

humanas ou de animais, que causam prejuízo ou interferem na produção, elaboração,

armazenagem, transporte ou comercialização de alimentos.

Esse termo inclui ainda as substâncias destinadas a serem reguladoras do crescimento das

plantas, desfolhantes,

...

Baixar como (para membros premium)  txt (21.5 Kb)  
Continuar por mais 10 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com