TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Trabalho Unopar 4 Semestre Analise De Sistemas

Trabalho Escolar: Trabalho Unopar 4 Semestre Analise De Sistemas. Pesquise 787.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  22/8/2013  •  2.432 Palavras (10 Páginas)  •  711 Visualizações

Página 1 de 10

SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO 3

1.1 APRESENTAÇÃO 3

1.2 OBJETIVOS 3

1.2.1 Objetivo Geral 3

1.2.2 Objetivos Específicos 3

2 DIAGRAMAS DA UML 4

2.1 DIAGRAMA DE ESTADO 4

2.2 DIAGRAMA DE IMPLATAÇÃO 5

3 ÉTICA NAS EMPRESAS 7

4 SUGESTÃO DE LIVROS PARA CATALOGO 8

5 ORM (OBJECT RELATIONAL MAPPING) 9

5.1 VANTAGENS DO ORM 10

5.2 DESVANTAGENS DO ORM 10

6 SISTEMA OPERACIONAL 11

6.1 CLIENTE-SERVIDOR 11

6.2 SISTEMAS OPERACIONAIS MULTITAREFAS 11

4 CONCLUSÃO 13

REFERÊNCIAS 14

1 INTRODUÇÃO

1.1 APRESENTAÇÃO

O presente trabalho apresenta o cenário de uma locadora de livros, fundada em 20 de janeiro de 1990, tendo como proprietário o senhor João Carlos. Com o objetivo de atender a demanda de locação de livros.

Para essa empreitada tomou conhecimento da empresa “Alunos da UNOPAR”, que atua no ramo da Tecnologia da Informação, momento em que fora permitido a essa empresa promover entrevista com os funcionários da locadora de livros, a fim de realizar o levantamento de requisitos, para saber as reais necessidades de cada funcionário, específico em cada setor.

1.2 OBJETIVOS

1.2.1 Objetivo Geral

Apresentar os diagramas de estado e implantação utilizados no projeto, falar como será tratado a ética na empresa Nossa Locadora de Livros, descrever ORM (Object Relational Mapping), falar sobre o sistema operacional que utilizaremos na implantação do sistema produzido para a empresa Nossa Locadora de Livros.

1.2.2 Objetivos Específicos

 Explicar como serão usados os Diagrama de Estado e Implantação no projeto.

 Apresentar como é tratada a ética nas empresas.

 Sugerir livros a serem acrescentados no acervo da locadora de livros.

 Definir Mapeamento de Objeto Relacional.

 Apresentar o sistema operacional usado na locadora.

2 DIAGRAMAS DA UML

2.1 DIAGRAMA DE ESTADO

Os diagramas de estados são usados para modelar o comportamento dinâmico de um sistema, mostrando passo a passo como será o ciclo de vida de um objeto em níveis de detalhe arbitrariamente simples ou complexos. Visualizam a seqüência de estados que um objeto ou uma interação percorre durante sua vida em resposta a estímulos recebidos, junto com suas próprias ações e respostas.

Uma das vantagens é que tem facilidade de localizar as responsabilidades de estados específicos, isso proporciona uma maior clareza no desenvolvimento e na manutenção subsequente.

Essa facilidade é fornecida pelo fato de que diferentes estados são representados por um único atributo (estado) e não envolvidos em diferentes variáveis e grandes condicionais. Faz as mudanças de estado explícitas, posto que em outro tipo de implantação os estados são alterados, modificando os valores em variáveis, enquanto aqui faz-se representar cada estado. Os objetos Estado podem ser compartilhados se eles não contêm variáveis de instância, isso pode ser alcançado se o estado está totalmente codificado representando seu tipo. Quando isso é feito, os estados são sem estado intrínseco.

Ele também permite a um objeto alterar de classe em tempo de execução dado que ao modificar suas responsabilidades pela de outro objeto de outra classe, a herança e responsabilidade do primeiro mudaram pelas do segundo.

O estado é a situação atual de um objeto, o valor de seus atributos e de seus relacionamentos com outros objetos. O estado é a situação do objeto dentro de um intervalo entre dois eventos recebidos por ele.

Entretanto, nem sempre todos os atributos de um objeto são alterados por um evento. A mudança de estado de um objeto devido ao novo evento é chamada de transição. O Diagrama de estados representa a sequencia de eventos e o consequente estado do objeto obtido após o objeto responder a estes eventos. Este diagrama é feito para descrever o comportamento de classes de objetos do sistema, visto que, por herança todos os objetos de uma classe possuem o mesmo comportamento. Pode também ser utilizado outros elementos como tipos (conceitos) e para descrever a sequência de eventos dos casos de uso.

2.2 DIAGRAMA DE IMPLATAÇÃO

É o diagrama com visão mais física da UML, ele enfoca a questão da organização da arquitetura física sobre a qual o software será implantado e executado em termos de hardware, além de definir como estas máquinas estarão conectadas e através de quais protocolos se comunicarão e transmitirão informações. Este diagrama não é específico do desenvolvedor, mas em uma equipe onde existe o responsável pela implantação do sistema, este deve estar preocupado com o hardware e a configuração em que o sistema deverá ser executado e a compatibilidade entre os dois.

Características do diagrama:

• Pode representar a estrutura da plataforma em que será utilizado;

• Pode representar bancos de dados, Componentes de Terceiros;

• Pode representar os servidores, a rede;

• Pode representar a configuração dos equipamentos;

Com que frequência as atualizações ocorreria no sistema?

Objetivos de extensibilidade, por exemplo, o software poderá ser atualizado durante a execução do sistema.

O sistema é centralizado ou distribuído?

Os distribuídos são menos sensíveis a falhas do que os algoritmos centralizados. O tráfego referente a mudanças na rede também não

...

Baixar como (para membros premium)  txt (17.5 Kb)  
Continuar por mais 9 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com