TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Modelo proposto

Por:   •  10/10/2015  •  Trabalho acadêmico  •  10.070 Palavras (41 Páginas)  •  115 Visualizações

Página 1 de 41

Relatório de Pesquisa

CAPÍTULO I

INTRODUÇÂO

 APRESENTAÇÂO

A vida cotidiana acompanhada de uma serie de compromissos já é uma realidade e vem se tornando cada vez mais presente nos dias de hoje. A premissa que diz que tempo é dinheiro nunca foi traduzida de forma tão explícita. Na tentativa de acompanhar esse ritmo e facilitar as atividades e compromissos da vida financeira das pessoas, as transações feitas pela internet ganharam grande força no mercado. O uso da internet para tais tarefas não se limitou aos computadores pessoais e se alastrou também pelos dispositivos móveis, atingindo um número muito maior de adeptos a tal prática.

A era digital acompanhou também o mercado financeiro e por volta de 2008 foi introduzido o conceito de Bitcoin. Em linhas gerais trata-se de uma moeda virtual de código aberto criado por SatoshiNakamoto que diferente das demais moedas propõe ser utilizada em redes peer-to-peer como dinheiro eletrônico, permitindo ser feitas as mesmas transações feitas com a moeda física usada pela sociedade, porém sendo de código aberto e sem possuir qualquer entidade supervisora ou autoridade central que venhamonitorar suas operações, como por exemplo, um Banco Central.

“O dinheiro do sistema Bitcoin são os bitcoins (frações dos bitcoins são conhecidas como satoshis). Como no sistema bancário, podemos possuir bitcoins e transferi-los a outra pessoa, porém de forma anônima e independente de órgãos reguladores para monitorar, verificar e aprovar as transações entre clientes e gerenciar a quantidade de dinheiro em circulação.” (JUNIOR, 2013, 3).

Mas como pode uma moeda que não é regulada por um Banco Central, ter um valor como qualquer outra moeda?

“Em poucas palavras, o Bitcoin é uma forma de dinheiro, assim como o real, o dólar ou o euro, com a diferença de ser puramente digital e não ser emitido por nenhum governo. O seu valor é determinado livremente pelos indivíduos no mercado. Para transações online, é a forma ideal de pagamento, pois é rápido, barato e seguro.” (ULRICH, 2014, 15).

As transações feitas usando a Web tem ganhado muita força nos últimos anos. A facilidade de se ter um computador pessoal ou dispositivo móvel com acesso a internet, aumentam número de usuários desses serviços. Por outro lado esse crescimento deixa os próprios usuários vulneráveis a ataques e fraudes. A falta de segurança ou a desconfiança de estar fazendo uma operação em que você pode ser lesado, principalmente no meio virtual é um grande ponto de interrogação na cabeça das pessoas.  Pensando nisso as transferências de bitcoins são baseadas em criptografia de chave pública, e cada uma das transações feitas é armazenada em uma cadeia de bloco.

As transferências feitas usando bitcoin são feitas a partir da instalação do que é chamado de “carteira bitcoin”. Essa carteira pode ser instalada em um computador ou então em um telefone móvel.

“Cada carteira Bitcoin guarda uma chave privada utilizada para assinar as transações. De forma que uma vez emitida para todos os usuários, a transação não pode ser alterada por nenhum deles. Além disso, essa assinatura digital garante matematicamente que os bitcoins transferidos pertencem ao dono da carteira.”

(JUNIOR, 2013, 7).

Todas as transações feitas usando Bitcoin são feitas com base em criptografia de chave publica, e são registradas no que é chamado de blockchain ou cadeia de bloco. Essa cadeia nada mais é do que um grande banco de dados que contém todas as transações que já foram feitas com e a moeda.

Ainda assim, mesmo com essas técnicas de segurança, por ser uma moeda que está em crescimento e podendo ter uma ascensão ainda muito maior, uma série de ataques e tentativas de fraudes são feitas frequentemente. Em tecnologia não existe nenhuma opção, ferramenta ou procedimento que seja 100% seguro, sempre existe alguma falha ou vulnerabilidade que expõe as informações que estão sendo tratadas. Todavia existem muitas formas de controle que são muito eficientes e que nos trazem uma segurança e tranquilidade ao ponto de, ser possível fazer uso dos recursos que a tecnologia nos oferece.

Abordaremos nesse trabalho o método usado hoje para resguardar as transações feitas com o bitcoin. Devido à falta de afinidade das empresas e sites de comércio eletrônico com essa tecnologia, apresentaremos o funcionamento das transações através de um cenário de comércio desenvolvido na web aplicando as propriedades e regras de negócio do Bitcoin. Após isso iremos analisar se é possível propor contribuições para melhorar o método de segurança nas transações já existente.

Como o método de validação de transferências com Bitcoin vêm se comportando nos dias de hoje, e o que podemos fazer para melhorar esse método?

...

Baixar como (para membros premium)  txt (66.5 Kb)   pdf (419.3 Kb)   docx (111.6 Kb)  
Continuar por mais 40 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com