TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

A ACIDEZ E ALCALINIDADE TOTAL EM ÁGUAS

Por:   •  31/3/2018  •  Relatório de pesquisa  •  1.460 Palavras (6 Páginas)  •  266 Visualizações

Página 1 de 6

[pic 1]

Universidade Tecnológica Federal do Paraná

Campus Campo Mourão

Curso Superior de Licenciatura em Química

        

STEFANIE SOUZA

GISLAINE PUCHOLOBEK

MANOEL HENRIQUE

WELLINGTON CICONELO

DETERMINAR A ACIDEZ E ALCALINIDADE TOTAL EM ÁGUAS

RELATÓRIO DE AULA EXPERIMENTAL

CAMPO MOURÃO

Março de 2016

STEFANIE SOUZA

GISLAINE PUCHOLOBEK

MANOEL HENRIQUE

WELLINGTON CICONELO

Relatório de aula experimental apresentado à disciplina de Estratégias em Educação Ambiental do curso de Licenciatura em Química da Universidade Tecnológica Federal do Paraná como requisito parcial para aprovação nesta disciplina.

Orientadora: Prof. Ms. Luciana Ercoli Alleman

CAMPO MOURÃO

Março de 2016

1. INTRODUÇÃO

        Conceitualmente a água é uma necessidade vital para qualquer ser vivo e é utilizada para inúmeras finalidades. Em função do uso a que se destina deve apresentar determinadas características. Assim, a água utilizada para beber denomina-se água potável. A potabilidade de uma água é definida através de um conjunto de parâmetros e padrões estabelecidos por normas e legislações sanitárias como os padrões legislativos de potabilidade da agua estabelecido pela Portaria 36 de 19 de Janeiro de 1990, Ministério da Saúde – Resolução conjunta SS/MA nº 1 de 26 de Agosto de 1997 da tabela a seguir:

PARÂMETRO                                                 LIMITES

Tubidez

Odor

Cor

pH

Dureza total

Acidez total

Alcalinidade total

Alcalinidade cáustica

Oxigênio consumido

Nitritos

Cloretos

Cloro residual

Fluoretos

Silicatos

Sulfatos

Sólidos totais

Cobre

Chumbo

Ferro

Manganês

Zinco

Fenóis

Contagem de aeróbios mesófilos

Coliformes totais (NMP)

5 mg/L

Ausência

20 Pt/L – Hazen

6,5 – 8,5

200 mg/L

5 – 20 mg/L

10 – 50 mg/L

Ausência

2 mg/L

Ausência

250 mg/L

0,2 (conc. mínima)

1 mg/L

Ausência

250 mg/L

1000 mg/L

3 mg/L

0,1 mg/L

0,3 mg/L

0,1 mg/L

5 mg/L

0,001 mg/L

100 mg/ L

Ausência

Tabela 1: Parâmetros de potabilidade da agua estabelecido pela Portaria 36 de 19 de Janeiro de 1990, Ministério da Saúde – Resolução conjunta SS/MA nº 1 de 26 de Agosto de 1997.

O trabalho que se segue apresentará análises feitas em amostra de água da Universidade Tecnológica Federal do Paraná – UTFPR onde a água de consumo é de poço artesiano tratada pela própria universidade e também amostra coletada em residência onde o tratamento é feito pela SANEPAR de Campo Mourão. A análise química realizada tem por objetivo determinar a acidez total por meio de titulação em Hidróxido de Sódio NaOH e a alcalinidade total por meio de titulação em Ácido Sulfúrico H2SO4 dessas águas e assim compara-las.

A acidez é a propriedade que um meio tem de, em meio aquoso, reagir quantitativamente com uma base forte a um pH definido. É expressa em miligramas por litro de carbonato de cálcio, a um determinado pH.  As análises de acidez são de grande importância para indicar o lançamento de alguns resíduos industriais nos esgotos domésticos a acidez é determinada pela presença de CO2, ácidos minerais e sais hidrolisados. A acidez na água também tem pouco significado sanitário, porém águas com acidez mineral são desagradáveis ao paladar, sendo recusadas e também são responsáveis pela corrosão de tubulações e materiais.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (9.8 Kb)   pdf (199.5 Kb)   docx (26.5 Kb)  
Continuar por mais 5 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com