TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

A Destilação da Gasolina

Por:   •  11/6/2016  •  Relatório de pesquisa  •  1.217 Palavras (5 Páginas)  •  421 Visualizações

Página 1 de 5

[pic 1]

Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - UNIRIO

Centro de Ciências Biológicas e da Saúde - CCBS

Escola de Ciências Biológicas - ECB

Departamento de Ciências Naturais - DCN

Disciplina de Química Orgânica

Título da Prática:Destilação simples da gasolina

Rio de Janeiro

Objetivos

Avaliar a composição da gasolina e verificar sua acidez.

Introdução

O Petróleo e a Gasolina

Os petróleos consistem em misturas onde há predominantemente hidrocarbonetos,com uma menor quantidade de compostos sulfurados, nitrogenados, oxigenados e organometálicos.Desses hidrocarbonetos, maioria são alcanos acílicos,cíclicos,aromáticos e mistos.A explicação mais utilizada para o surgimento do petróleo é a orgânica,que supõe  que organismos mortos integrantes do fitoplâncton e plâncton não sofreram decomposição por bactérias aeróbicas e seus sedimentos foram depositados em camadas nas regiões de maior profundidade no oceano.Desse modo,o material sedimentado sofreu a ação de bactérias anaeróbicas,que converteram as substâncias orgânicas em um material gasoso solúvel em água e em um resíduo chamado Sapropel ,que possui  compostos de natureza lipossolúvel.A atividade das bactérias ao longo dos anos aliada á pressão,temperatura e catálise pela argila promoveram a formação de hidrocarbonetos líquidos e gasosos a partir do Sapropel.(CRUZ,2003)

O refino do petróleo tem como um de seus produtos a gasolina.A composição das gasolinas varia de acordo com o local onde serão utilizadas e com processo de refino.Quando destinadas ao uso em automóveis,como as gasolinas comuns,por exemplo, são formadas por hidrocarbonetos que possuem de 4  a 12 carbonos e por produtos oxigenados.Sua faixa de destilação está entre 40 °C e 220 °C.A  gasolina comum,que é comercializada,é preparada com álcool etílico anidro com cerca de 24 até 26 % em volume com octanagem de  80 (MON) no mínimo. (de Mello, D., & Monteiro, W. A.,2014)

Materiais

Balão de fundo redondo de 125 mL

Manta de aquecimento

Cabeça de destilação

Termômetro de 0 a 200 °C

Condensador de tubo reto

Provetas graduadas de 100 e 25 mL

3 suportes

3 garras

4 mufas

1 argola

1 funil

1 rolha para termômetro

1 pipeta de 10 mL

1 tubo de ensaio

1 tela de amianto

Metodologia

1 -Montagem: 3 suportes universais foram posicionados um ao lado do outro na bancada.No primeiro suporte foram colocadas duas mufas,uma para prender uma garra e outra para prender uma argola.Nos dois outros suportes apenas uma mufa e uma garra foram adaptadas.No primeiro suporte da esquerda prendeu-se um balão de fundo redondo com a garra e abaixo dele uma manta de aquecimento foi apoiada na argola com uma tela de amianto entre elas,após esse procedimento a cabeça de destilação foi encaixada no gargalo do balão de fundo redondo  e a rolha para termômetro foi posicionada com o termômetro na cabeça de destilação.O segundo suporte  serviu para  prender o condensador de tubo reto que foi encaixado na cabeça de destilação e duas mangueiras foram encaixadas no condensador e presas com o auxilio de 2 arames,já o terceiro suporte serviu para prender a unha que foi encaixada no condensador, posicionada junto á proveta de 100 mL,como gargalo vedado com papel alumínio.

2-Execução: 100 mL de gasolina foram medidos com a proveta dentro da capela e transferidos para o balão de fundo redondo com a ajuda do funil,algumas pérolas de vidro foram adicionadas ao balão,que foi posicionado junto á manta e a cabeça de destilação após o procedimento.O fluxo de água no condensador foi iniciado ao ligar a bica e a água fluiu com o auxílio das mangueiras.A manta foi ligada em uma tomada de 110 v.

3-Coleta de dados: As temperaturas foram anotadas em uma tabela iniciando pela temperatura em que a primeira gota caiu.Após esse momento as temperaturas eram anotadas a cada 5 mL derramados na proveta,até atingir 90 mL.O resíduo restante foi utilizado  para medir a a acidez da gasolina.4 mL de resíduo restaram no balão e foram medidos com uma proveta de 25 mL,onde adicionou-se 3 vezes o volume de gasolina em água destilada,agitou-se a proveta.Por fim 3 gotas de alaranjado de metila foram adicionadas.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (9.5 Kb)   pdf (179.5 Kb)   docx (84.5 Kb)  
Continuar por mais 4 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com