TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

A Fusão Pão de Açúcar & Casino

Por:   •  10/9/2019  •  Trabalho acadêmico  •  1.524 Palavras (7 Páginas)  •  10 Visualizações

Página 1 de 7
  1. Identificação das partes envolvidas e seus interesses básicos  

  1. Grupo Pão de Açúcar

Presidente: Abilio Diniz

Valentim dos Santos Diniz, nascido na região nordeste de Portugal e vindo de família modesta, onde seu futuro seria de trabalhar como caixeiro em uma cidade próxima ou trabalhar no armazém de sua família, de onde provenha a única fonte de renda da família. Aos dezesseis anos decidiu emigrar, e embarcou em Lisboa e no dia 29 de novembro de 1929 chegou ao Brasil, precisamente na Baía de Guanabara, como o Pão de Açúcar ao fundo.

COSTA (2003) afirma que em 14 de abril de 1959 inaugurou-se a primeira loja dos Supermercados Pão de Açúcar, com 2.500 itens de vendas. DINIZ (1998) explica que em 1965 foi comprada a rede pioneira de auto-serviço, o Sirva-se, com suas três lojas. Esta expansão foi acompanhada de um planejamento preparado por Abilio Diniz, atual presidente do grupo Pão de Açúcar, contando com assessoria de consultores da Fundação Getulio Vargas e de Luiz Carlos Bresser Pereira, que ocupada o cargo de Diretor Administrativo. “Esta retaguarda técnica fazia projeções e ajudava a concretizar o objetivo de continuar crescendo, tanto via construções como através de aquisições” (COSTA, 2003 p.4).

Segundo informações obtidas pelo próprio site do Grupo PDA, a empresa é hoje a maior empresa de distribuição do País com mais de 1.300 unidades, entre super e hipermercados, lojas especializadas, atacado e varejo (cash&carry), além de postos de combustíveis e drogarias. Ao se unir a Casas Bahia, a empresa passa a ser o maior empregador privado do País, com mais de 140 mil funcionários e mais de 1.800 lojas. A companhia mantém operações em 18 estados de todas as regiões do Brasil e Distrito Federal, totalizando mais de 2,8 milhão de m² de área de vendas.

Interesses:

  • Diluir o percentual acionário do Grupo Casino no Grupo Pão de Açúcar para manter o seu presidente, Abilio Diniz, o sócio majoritário e controlador das decisões estratégicas do grupo;
  • Não permitir que o Grupo Pão de Açúcar seja vendido para algum concorrente estrangeiro;
  • Manter o seu presidente, Abilio Diniz, o detentor e controlador das decisões estratégicas do Grupo Pão de Açúcar;
  • Internacionalizar a marca Grupo Pão de Açúcar.

  1. Grupo Casino

Presidente: Jean Charlie Naouri

É terceiro maior varejista Francês e controlador do Pão de Açúcar, junto com Abilio Diniz. Seu presidente é Jean-Charles Naouri. Segundo informações obtidas pelo site do grupo Pão de Açúcar, o grupo Francês opera principalmente na França no varejo e distribuição em supermercados e hipermercados, tem mais de 100 anos de história, fundado em 1898 por Geoffroy Guichard. Está presente no Brasil desde 1999 como sócio do grupo pão de açúcar e com uma linha variada de temperos e ingredientes típicos, que são biscoitos, chocolates, cereais vendidos nos supermercados do grupo.

Segundo MINADEO (2009), a varejista francesa Casino tem como sua maior especialidade o modelo de negócio Petit Casino, considerada como lojas de vizinhanças. Esse modelo inspirou o grupo Pão de Açúcar com o Extra Fácil, bandeira de lojas de conveniência criada em 2007.

Nos anos 90 o grupo Casino elegeu a América Latina como seu principal destino, quando optou pela internacionalização da marca, decisão defendida por Francis André Mauger, que representava o grupo Casino no Brasil na época. O grupo Casino está presente em cinco países da América Latina, Brasil, Argentina Uruguai, Venezuela e Colômbia, e eles representam 70% dos negócios do grupo fora da França.

Interesses:

  • Garantir que a cláusula de opção de compra de ações do Grupo Pão de Açúcar seja exercida pelo Grupo Casino;
  • Não permitir que seus lucros e resultados sejam compartilhados com seu principal concorrente global, o Grupo Carrefour;
  • Tomar o controle acionário do Grupo Pão de Açúcar;
  • Retirar Abilio Diniz do cargo de Presidente do Grupo Pão de Açúcar;
  • Garantir lucros em uma venda futura do Grupo Pão de Açúcar para alguma multinacional estrangeira.

  1. Grupo Carrefour

A empresa foi criada em 1959 na França quando duas famílias de comerciantes, comandadas por Marcel Fournier e Denis Defforey, uniram suas forças para começar um novo empreendimento.

O sucesso da primeira loja foi imediato, fazendo com que a empresa, criasse, em 1963, um novo conceito de lojas, o hipermercado, que abriu suas portas na cidade de Sainte- Geneviéve-Des-Bois, próxima de Paris. Esse formato inovador, uma loja de auto-serviço, tinha com o objetivo suprir as necessidades de um novo tipo de consumidor europeu. A receptividade do público e o aumento das vendas levaram o Carrefour a abrir outras unidades na França e em outros países da Europa. Nos anos seguintes, a empresa introduziu muitas inovações no mercado como os “produtos livres” (produtos sem marcas), mas “também bons e mais baratos“, em 1976; promover os famosos grandes descontos em suas lojas (Maxidescontos) em 1979.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (9.7 Kb)   pdf (109.1 Kb)   docx (13 Kb)  
Continuar por mais 6 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com