TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

IMPORTÂNCIA DO PROFISSIONAL DE ENFERMAGEM DO TRABALHO NA PREVENÇÃO E TRATAMENTO DA LER/DORT NOS PROFESSORES DO ENSINO INFANTIL

Por:   •  18/9/2018  •  Trabalho acadêmico  •  2.553 Palavras (11 Páginas)  •  104 Visualizações

Página 1 de 11

A IMPORTÂNCIA DO PROFISSIONAL DE ENFERMAGEM DO TRABALHO NA PREVENÇÃO E TRATAMENTO DA LER/DORT NOS PROFESSORES DO ENSINO INFANTIL

RESUMO

O resultado da postura irresponsável de empregadores tem gerado um grande agravamento dos problemas nos professores de ensino infantil, acarretando uma verdadeira epidemia de Lesões por Esforço Repetitivo – LER ou Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho – DORT, assim o Enfermeiro do Trabalho é responsável por prestar assistência e cuidados de enfermagem a empregados, promovendo e zelando pela sua saúde contra os riscos ocupacionais, atendendo os doentes e os acidentados, visando seu bem estar físico e mental. O trabalho teve como objetivo maior buscar uma compreensão dos significados a respeito do fenômeno da LER/DORT, bem como a sua prevalência nos professores da Educação Infantil, buscando observar a forma postural durante a execução das suas tarefas laborais. Para verificar o acometimento da doença nos professores de Ensino Infantil, foi realizado um estudo nas escolas públicas municipais de Itapetinga-BA, com 20 professores, objetivando a realização da análise acerca da incidência da doença utilizando a pesquisa qualitativa. Após a análise do estudo, foi possível concluir que são várias as causas de risco para o surgimento da LER/DORT e que a falta de atenção as condições no ambiente de trabalho dos professores da educação infantil, geram fatores que dificultam o desenvolvimento das atividades determinadas aos empregados.

Palavras – Chave: Enfermagem do Trabalho; Professores; LER/DORT; Educação Infantil

INTRODUÇÃO 

        Com o advento do mundo moderno e a necessidade do aumento da produtividade no trabalho, sem um tempo para descansar, para recuperar-se, o homem-trabalhador coloca em risco os seus tendões, as suas articulações e os músculos de forma a ter dificuldades para obedecer “ordens” do Sistema Nervoso Central.

O resultado da postura irresponsável de empregadores tem gerado um grande agravamento dos problemas, acarretando uma verdadeira epidemia de Lesões por Esforço Repetitivo - LER ou os Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho – DORT, ou seja, as situações abusivas decorrentes do trabalho sobre as estruturas do sistema músculo-esquelético provocam dores musculares (mialgia), inflamação dos tendões sinoviais (tenossinovites) e alterações graves do sistema modular da dor, originando assim, as LER/DORT.

        O presente artigo teve como objetivo verificar estatisticamente os motivos que levam ao acometimento da LER/DORT nos professores da Educação Infantil da rede

pública municipal, buscando observar a forma postural dos professores durante a execução das suas tarefas laborais e demonstrar de que maneira esses profissionais do ensino infantil realizam as atividades durante a jornada de trabalho.

        Para tanto, a fim de compreender melhor a dinâmica que ocorre no contexto do processo laboral dos professores de Ensino Infantil e sua relação com a prevalência LER/DORT, foi realizada uma pesquisa com uma abordagem qualitativa, pois na percepção de Bogdan e Biklen (1982), “a pesquisa qualitativa envolve a obtenção de dados descritivos encontrados no contato direto do pesquisador com a situação estudada, enfatiza mais o processo do que o produto e se preocupa em retratar a perspectiva dos participantes”. Uma vez que as situações abusivas do trabalho podem provocar alterações graves nas estruturas do sistema músculo-esquelético, destes profissionais educadores do ensino infantil.

METODOLOGIA

        O trabalho primou pela pesquisa de cunho qualitativo que na concepção de Bogdan e Biklen (1994), “a pesquisa qualitativa envolve a obtenção de dados descritivos encontrados no contato direto do pesquisador com a situação estudada, enfatiza mais o processo do que o produto e se preocupa em retratar a perspectiva dos participantes”. E estes foram analisados à luz do referencial teórico, que permitiu uma compreensão maior a cerca da necessidade de se lançar um olhar para a prevalência da LER/DORT em professores do ensino infantil das escolas públicas de Itapetinga/BA, de modo que pode traçar um paralelo com os dados coletados e as hipóteses levantadas, verificou se houve confirmação com as mesmas ou não. Uma vez que as situações abusivas do trabalho podem provocar alterações graves nas estruturas do sistema músculo-esquelético, destes profissionais educadores do ensino infantil.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (16.8 Kb)   pdf (287 Kb)   docx (162.5 Kb)  
Continuar por mais 10 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com