TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

O ROTEIRO ATIVIDADE PRÁTICA AP 2022 (15-02)

Por:   •  21/9/2022  •  Projeto de pesquisa  •  520 Palavras (3 Páginas)  •  33 Visualizações

Página 1 de 3

Roteiro de Atividade Prática de [pic 1]

Análise e Modelagem de Sistemas

[pic 2]

[pic 3][pic 4][pic 5]


[pic 6][pic 7][pic 8][pic 9]

Prática 01 – COLETA DE REQUISITOS, CRIAÇÃO DE DIAGRAMA DE CASO DE USO E CRIAÇÃO DE DIAGRAMA DE CLASSES.

Questão 01 – Criação de diagrama de caso de uso

ENUNCIADO: Veja o Roteiro da Atividade Prática para mais detalhes.

  1. Apresentação dos requisitos funcionais e não funcionais (mínimo 3 de cada):

Um requisito funcional é toda função dentro de um sistema, que possui uma ação referente. Sendo assim, os requisitos funcionais do sistema selecionado pela respectiva empresária e cliente:

  • Reconhecer a voz da funcionária PCD e da gestora;
  • Identificar os comandos de voz para abertura de portas;
  •  Usar dos comandos de voz para ligar e desligar a luz.

Já, aqueles que são não-funcionais:

  • Economia de energia, diante dos gastos da empresa;
  • Facilitar a automação para todos os funcionários;
  • Segurança.

  1. Apresentação do Diagrama de Caso de Uso (não esquecer do identificador pessoal):

[pic 10]

Figura 1 – Diagrama de Caso de Uso número um.

  1. Responda à pergunta: Dos requisitos que você coletou, como é realizada a identificação de qual requisito é funcional e qual é requisito não funcional?

Resposta: Os requisitos funcionais são todos aqueles que estão relacionados com as funções que o sistema escolhido, na configuração, deve desempenhar. Sendo assim, no que foi exposto acima, baseado na entrevista dada pelo professor, o sistema irá trabalhar para “reconhecer a voz da funcionária”, “identificar os comandos de ligar e desligar luz, ou para o ar-condicionado”, e também para “apresentar um sistema que ligue e desligue as luzes pós horário comercial”. Do mesmo modo, os sistemas não-funcionais são aqueles que representam as metas e objetivos que se procura adquirir através dos requisitos funcionais. Ou seja, economizar energia, adquirir uma melhor segurança (através dos comandos) e também facilitar a automação para todos os funcionários.


Prática 01 – COLETA DE REQUISITOS, CRIAÇÃO DE DIAGRAMA DE CASO DE USO E CRIAÇÃO DE DIAGRAMA DE CLASSES.

Questão 02 – Criação de diagrama de Classes.

ENUNCIADO: Veja o Roteiro da Atividade Prática para mais detalhes.

  1. Apresentação dos requisitos funcionais e não funcionais (mínimo 3 de cada diferentes da questão 1):

O restante dos requisitos funcionais que se apresentam neste respectivo sistema, pode ser relacionado para com uma segunda ação:

 

  • Solicitar liberação de acesso por comando de voz na porta de entrada;
  • Solicitar liberação de acesso por comando de voz no seu próprio setor;
  • Solicitar liberação de outro setor além do seu.

Em quesito dos não-funcionais, o que pode ser reconhecido, através de tudo isto, é:

  • Autonomia dos funcionários;
  • Segurança de quem entra e sai;
  • Controle de entrada e saída.

  1. Apresentação do Diagrama de Classe (não esquecer do identificador pessoal):

[pic 11]Figura 2: Diagrama de caso de uso número dois.

  1. Responda à pergunta: Como fazemos para converter um requisito ou um grupo de requisitos em uma classe para o diagrama de classes?

Resposta: Para converter um requisito em uma classe para diagrama de classes é preciso transformar todo o requisito, sendo funcional ou não-funcional, em uma ação dentro do diagrama de uso de caso.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3.4 Kb)   pdf (309.1 Kb)   docx (144.9 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com