TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Trabalho teoria da contabilidade ciencias socias responsabilidade social meio ambiente

Por:   •  28/3/2016  •  Trabalho acadêmico  •  2.600 Palavras (11 Páginas)  •  509 Visualizações

Página 1 de 11

UNIVERSIDADE ANHANGUERA- UNIDERP

CENTRO DE EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA

DESAFIO PROFISSIONAL

TEORIA DA CONTABILDADE, CIÊNCIAS SOCIAIS, RESPONSALIDADE SOCIAL E MEIO AMBIENTE

NOME: LUANA ELISABETH NARDO                   RA: 1600352058

TUTOR:  PROFª MA. GRASIELE A. LOURENÇO

O aquecimento global e a diminuição dos recursos naturais, frutos do crescimento da população mundial e do consumismo implantado pelo capitalismo, são os principais motivos de preocupação das organizações ambientais, de algumas nações e de todos os cidadãos que se preocupam com o amanhã. Nesse cenário surgem as empresas que tem papel fundamental na economia e na sociedade (geram emprego e proporcionam qualidade de vida aos seus funcionários), estas por sua vez nem sempre estão preocupadas com o meio ambiente e com a escassez dos recursos que utilizam, fazendo uso indiscriminado da matéria-prima sem repô-la ou amenizar os impactos ambientais causados pela sua extração ou até minimizar a emissão de resíduos oriundos do processo de industrialização.

A construção civil é o maior gerador de resíduos e responsável por grande parte do consumo de água e energia. Sendo que ambos são problemas recorrentes no Brasil na atualidade, a estiagem em grande parte do território nacional provocou uma diminuição considerável do nível dos rios e consequentemente afetou a principal fonte geradora de energia brasileira as usinas hidroelétricas. Além de consumirem poluem os rios e afluentes, destroem grandes áreas verdes, retiram a fauna e flora originais do local, dando fim à identidade da região e tornando-a artificial.

Essa poluição além de ambiental também é visual, pois onde existia uma área verde, cheia de vida animal e vegetal, agora só existem prédios, viadutos, rodovias, praças sem vida, locais barulhentos e monótonos.

Canteiros de obras fazem muito barulho, tornando a vida das pessoas no entorno muito mais estressante, e nas grandes metrópoles esse problema sonoro torna-se muito maior pelo tamanho e quantidades de obras ocorrendo ao mesmo tempo. Também geram entulho em grande quantidade que acabam em lixões, aterros sanitários e até em terrenos baldios ou obras abandonadas.

Porque é necessário que as empresas se conscientizem e tornem-se cada vez mais sustentáveis? A resposta foi dada implicitamente no texto acima, com claro enfoque para o setor da construção civil que é a área de atuação da L&Construção, construtora de Sergipe que constrói casas populares desde 1983.

A empresa prima pela qualidade e profissionalismo, então deve estar atualizada nos debates recentes sobre questões ambientais e como criar um desenvolvimento sustentável na construção civil. O primeiro passo é entender o que está acontecendo com o planeta em termos de aquecimento global e escassez de recursos e depois pensar em como amenizar esses problemas com atitudes inovadoras e eficientes que contribuam diretamente.

A sustentabilidade pode ser subdividida em três aspectos: econômica, ambiental e social cada um apresenta áreas de atuação, por exemplo: vantagem competitiva, estratégia de negócios qualidade e custo, etc. São características da sustentabilidade econômica.

O  organograma abaixo apresenta um projeto de sustentabilidade de uma empresa:

Fonte: Coral 2002- Apostila Anhanguera Desafio Profissional

Inicialmente foi feita uma análise econômica da construtora L&Construção e foram determinadas as verbas necessárias para realizar um desenvolvimento sustentável da empresa, adquirindo consequentemente um status de empresa “consciente” ou empresa “verde”.

Atualmente empresas que se preocupam com o meio ambiente, passaram a ter maior visibilidade social e “midiática”, conseguindo clientes diferenciados, pois estes sabem que estão comprando um produto legal (leis ambientais) e que de certa forma, estão contribuindo com a preservação da natureza.

A primeira proposta seria de reflorestamento de toda madeira utilizada nas obras da construtora, se isto não for possível a compra será feita de madeira legal (proveniente de madeireira legalizada). 

[pic 1]

Este reflorestamento vai ocorrer de acordo com a quantidade de madeira que a empresa usa, novas tecnologias serão empregadas no plantio e na escolha das mudas tornando o produto final melhor e mais rentável. As árvores devem ser plantadas em locais apropriados (considerando clima e terreno), a espécie deve ser escolhida de acordo com a necessidade do mercado e com as novas tendências de design de interiores das casas.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (18.4 Kb)   pdf (355.6 Kb)   docx (113.6 Kb)  
Continuar por mais 10 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com