TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

O Exercício de Pontes

Por:   •  2/6/2021  •  Ensaio  •  437 Palavras (2 Páginas)  •  14 Visualizações

Página 1 de 2

EXERCICIO EXTRA DE PONTES – 07/08/2020

Nome: Lourdes Amanda de Assis Moreira

Escolher a foto de uma ponte do Espírito Santo e identificar os elementos da Superestrutura e a Mesoestrutura através de setas e nomes. Escrever a definição de pontes. Enviar para o e-mail clari1512@hotmail.com / 0,5 ponto extra no 1° bimestre

  1. Definição de Pontes.

Pontes, de acordo com Gorges (2015), é uma obra destinada a dar continuidade ao trafego quando se tem obstáculos obstruindo essa passagem. Esses obstáculos podem ser: Rios, Córregos, Braços de mar, outras vias de trafego, vales, ravinas etc.

  1. Identificação dos elementos da Superestrutura e a Mesoestrutura através de setas e nomes.

[pic 1]

A superestrutura a parte da ponte composta geralmente de lajes e vigas principais e secundárias; é o elemento de suporte imediato do estrado, sob o ponto de vista da sua finalidade.

Elementos da SUPERESTRUTURA:

Tabuleiro: conjunto dos elementos que vão receber diretamente as cargas móveis. O tabuleiro é subdivido em estrado, que contém a superfície de rolamento, o leito da estrada e o suporte da estrada. E vigamento secundário: constituído por longarinas e transversinas

Tímpano: elemento de ligação entre o arco inferior e o tabuleiro, tem a finalidade de transmitir ao arco todas as cargas aplicadas na ponte.

Pendurais: elementos que aparecem nas pontes em arco quando o tabuleiro é inferior ou intermediário; é através deles que os arcos recebem as cargas aplicadas no tabuleiro.

Estrutura principal: é a parte destinada a vencer a distância entre dois suportes sucessivos. Obs. O tipo e o material da estrutura principal geralmente definem uma ponte.

Apoios: permitem a localização das reações; podem ser fixos ou móveis. Os fixos permitem apenas rotação da estrutura. E os móveis permitem rotação e translação da estrutura.

Enrijamento: são os elementos que fornecem rigidez à ponte. Existe o contraventamento: resiste aos esforços oriundos de ação perpendicular ao eixo longitudinal (vento). E o travejamento: resistem aos esforços oriundos de ação que atua longitudinalmente (frenação ou aceleração).

A Mesoestrutura é a parte da ponte que recebe os esforços da superestrutura e os transmite à infraestrutura, em conjunto com os esforços recebidos diretamente de outras forças solicitantes da ponte, tais como pressões do vento e da água em movimento.

Elementos da MESOESTRUTURA:

Pilares: suportes intermediários que apenas recebem os esforços da superestrutura.

Encontros: suportes de extremidades que ficam em contato com os aterros, sendo sua função resistir além dos esforços da superestrutura também aqueles provenientes dos empuxos e subpressões.

Pilares-encontros: suportes reforçados que devem garantir a estrutura ou resistir a empuxos de arcos ou abóbadas adjacentes.

Muros de acompanhamento: são complementos dos encontros e destinam-se a conter os taludes dos aterros nas entradas das pontes.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3.1 Kb)   pdf (841.7 Kb)   docx (912.3 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com