TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

ECONOMIA companhia

Resenha: ECONOMIA companhia. Pesquise 860.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  8/11/2013  •  Resenha  •  449 Palavras (2 Páginas)  •  247 Visualizações

Página 1 de 2

fruta. Seu custo para produzir tal produto é de R$4,00. No inicio do dia ele estipula o valor de fruta a R$12,00 o quilo e obtem vários compradores. Já na parte de tarde, ao perceber que ainda não vendeu todas as frutas, ele resolve reduzir o preço para R$8,00 para tentar desovar seu estoque e não ter que prejuízo tendo que se desfazer de pate não vendida dos frutos. Por volta de 17:00 horas, ele percebe que ainda há poucas mercadorias e promove um novo corte no preço, vendendo-as a R$5,00 o quilo onde finalmente vende todo o seu produto. Este monopolista discriminador, a grosso modo e de forma bem simplória,... [continua] 2 exemplos reais de maximização de lucro?

ECONOMIA

Há duas formas de se saber se uma empresa está ou não a maximizar seus lucros: a) quando a se atinge a maior distância entre custo e receita na produção de um bem, ou b) quando o retorno obtido na venda de uma unidade adicional de produção se iguala ao seu custo de fabricação.

Portanto para se ter exemplos reais haveria, hipoteticamente, a necessidade em se analisar dados internos da empresa, no entanto podemos criar alguns exemplos meramente ilustrativos:

Suponhamos uma empresa que tenha a concessão do transporte rodoviário de passageiros entre duas cidades, Belo Horizonte e Belo Vale, por serem cidades relativamente próximas e sendo esta última de pequeno porte a concessão é dada a apenas uma empresade ônibus. Os órgãos reguladores estipulam o preço da passagem a no máximo R$25,00. A empresa poderia conceder desconto ou cobrar um preço menor, mas sabe que os moradores de Belo Vale dependem de Belo Horizonte para trabalhar, adquirir produtos, etc., e pagarão o preço que for para se locomoverem entre as duas cidades ou por onde passar o itinerário da linha. Logo, dada que a demanda é inelástica é óbvio crer que a empresa maximizará seus lucros aplicando o preço máximo da passagem permitida, ou seja, R$25,00.

Numa típica feira de bairro um comerciante é o único a oferecer um tipo específico de fruta. Seu custo para produzir tal produto é de R$4,00. No inicio do dia ele estipula o valor de fruta a R$12,00 o quilo e obtem vários compradores. Já na parte de tarde, ao perceber que ainda não vendeu todas as frutas, ele resolve reduzir o preço para R$8,00 para tentar desovar seu estoque e não ter que prejuízo tendo que se desfazer de pate não vendida dos frutos. Por volta de 17:00 horas, ele percebe que ainda há poucas mercadorias e promove um novo corte no preço, vendendo-as a R$5,00 o quilo onde finalmente vende todo o seu produto. Este monopolista discriminador, a grosso modo e de forma bem simplória,... [continua]

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.6 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com