TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Atividades 5 ano letivo

Por:   •  4/4/2015  •  Seminário  •  359 Palavras (2 Páginas)  •  177 Visualizações

Página 1 de 2

Estatísticas de acidentes de trabalho em 06 anos.

[pic 1]

Acima temos os dados de acidentes do trabalho referentes ao período de 2008 a 2014. Observando o gráfico, nota-se um declínio significativo entre os anos de 2008 a 2010, porém, demonstra variações entre 2012 e 2014, sendo essa uma alta considerável em relação a diminuição ocorrida no período de 2013 para 2014.

O Brasil tem hoje um total de mais de  60,1 milhões de trabalhadores formais, as estatísticas são de 0,12% de acidentes que correspondem a uma variável de 2.845 a 2.884 de óbitos  de 2008 a 2014. Analisando a maior alta na quantidade de trabalhadores formais e a alta na quantidade de acidentes se torna estático o dado mais preocupante, uma vez que em 2007 o Brasil teve 659.523 acidentes de trabalho esse total salta para 755.980 e se torna pouco variável ate 2014 com 711.164, esta diminuição pode significar um número alto, apesar de não parecer hoje o Brasil tem 61 milhões de trabalhadores formais quando em 2008 este numero chegava a 38 milhões essa estática nos números de acidentes se comparada a alta na quantidade de trabalhadores e um numero bastante satisfatório podendo chegar a uma redução maior que 40% no quadro de acidentes de trabalho, se levarmos em conta ambos os números podem variar de acordo com o trabalho informal dando alta para a quantidade de acidentes de 2014 (711.164) porém esse numero pode aumentar até 3x  cerca de 2.133,000 já que de acordo com o ministério da saúde 95% dos casos de acidentes de trabalho no brasil não são notificados  por desinformação dos empregados ou das pessoas que cuidam deles impedindo assim que as empresas repassem valores expressivos para a saúde quando a culpabilidade for comprovada. Isso também impede que a fiscalização seja mais rigorosa uma vez que a diminuição no quadro é satisfatória aos  órgãos competentes. De acordo com a legislação todos os acidentes tenham ou não causado afastamento deve ser comunicado  porém 95% dos casos não é gerado CAT, causando assim um grande problema nos dados gerados pela previdência social e para a saúde publica no Brasil.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.1 Kb)   pdf (74.4 Kb)   docx (21.5 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com