TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Estudos Disciplinares IV ADM Unip Interativa

Por:   •  22/11/2014  •  301 Palavras (2 Páginas)  •  1.452 Visualizações

Página 1 de 2

São Paulo, 22 de Novembro de 2014.

A leitura do texto comprova, com números do relatório do Bird, como a globalização e o neoliberalismo, quando adotado por países em desenvolvimento, aumentaram a pobreza e práticas de protecionismo.

É sabido que a característica fundamental do capitalismo é a livre competição, e esse é o sistema predominante em nosso mundo globalizado, e prevemos em uma competição um vencedor e um perdedor, o que estamos vendo também ocorrer. A idéia vendida pelo neoliberalismo era que, através da desregulamentação da economia, da abertura para importações, diminuição dos impostos, redução dos gastos governamentais e liberação para entrada do capital estrangeiro, haveria uma maior movimentação da economia e, consequentemente, melhores empregos e salários mas, na prática, o que aconteceu na maioria dos países que adotaram esse sistema foi justamente o contrário. Os países que não conseguiram atender às demandas globais do neoliberalismo começaram a tomar empréstimos junto ao Fundo Monetário Internacional (FMI), que monitorava a implementação das medidas neoliberais, e este sistema favoreceu enormemente os países desenvolvidos, que começaram a explorar comercialmente esta situação através de compra de estatais e especulação no mercado financeiro.

Uma das consequências dessa abertura financeira global, através de medidas neoliberais de redução de impostos, é a entrada de empresas multinacionais nos países em desenvolvimento, que buscam o melhor custo benefício na mão de obra. O benefício dessa abertura é a criação de empregos, mas na prática isso não é suficiente, pois o balanço final dessa abertura é uma concorrência desleal com a indústria e empresas locais, que manteriam a riqueza no país, e a concentração dos lucros nos países desenvolvidos.

Sendo assim, a globalização no mercado financeiro e produtivo aumentou a desigualdade social e, ao invés de estimular uma concorrência saudável, tende quase a um monopólio global das indústrias e empresas dos países mais desenvolvidos.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.1 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com