TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

O Texto Tem Como Objetivo Analisar As Perspectivas De Comparações Dos Dois Modelos De Gestão pública: Administração Pública Gerencial E A Administração Pública Societal. Comparando-os A Partir Das Variáveis De Observação: A Origem, O Projeto

Por:   •  25/8/2014  •  985 Palavras (4 Páginas)  •  548 Visualizações

Página 1 de 4

HUMANIZASUS: DOCUMENTO BASE PARA GESTORES E TRABALHADORES DO SUS / MINISTÉRIO DA SAÚDE, SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE, NÚCLEO TÉCNICO DA POLÍTICA NACIONAL DE HUMANIZAÇÃO.

MINISTÉRIO DA SAÚDE - Secretaria de Atenção à Saúde - Núcleo Técnico da Política Nacional de Humanização - 4.ª edição - 1.º reimpressão - Série B. Textos Básicos de Saúde

Alguns projetos de humanização têm experimentado e vêm sendo desenvolvidos há alguns anos, em áreas específicas da assistência, por exemplo, na saúde da mulher, na saúde da criança, entre outros. Consequentemente, ainda estão em debate às formas de organização do sistema, dos serviços e do trabalho em saúde, que define os diversos modos de se produzir saúde e onde investir recursos.

Recentemente têm sido realizadas diversas ações vindo à implantação de programas de humanização nas instituições de saúde, especialmente nos hospitais. O Programa Nocional Humanização da Assistência Hospitalar (PNHAH) vista como política pública que atravessa/transversaliza as diferentes ações e instâncias gestoras do SUS no qual possui o objetivo de ampliar a humanização dos serviços de saúde tanto nas retas quanto nos atendimentos, a qualidade de vida do trabalhador e a rejeição de qualquer tipo de preconceito.

A criação do Sistema Único de Saúde (SUS) acompanha avanços que favorecem novas questões que demandam outras respostas, mas também problemas que persistem, impondo a urgência, seja de aperfeiçoamento do sistema, seja de mudança de rumos propõe-se que a PNH faça parte dos planos estaduais e municipais dos governos, como já faz do Plano Nacional de Saúde e dos Termos de Compromisso do Pacto Pela Saúde.

Ligado a esse aspecto, um outro que se destaca é a presença de modelos de gestão centralizados e verticais, desapropriando o trabalhador de seu próprio processo de trabalho.

O cenário indica, então, a necessidade de mudanças, no modelo de atenção que não se farão sem mudanças no modelo de gestão. Queremos um SUS com essas mudanças. Para isso, criar no SUS a Política Nacional de Humanização da Atenção e Gestão no Sistema Único de Saúde – HumanizaSUS. Por humanização dão-se o entendimento da valorização dos diferentes sujeitos implicados no processo de produção de saúde: usuários, trabalhadores e gestores.

Os valores que guiam essa política são a autonomia e o protagonismo dos sujeitos, a co-responsabilidade entre eles, o estabelecimento de vínculos solidários, a construção de redes de cooperação e a participação coletiva no processo de gestão. Por um SUS humanizado, essa tarefa convoca todos: gestores, trabalhadores e usuários. Um SUS com essas mudanças em todas as suas instâncias, programas e projetos comprometido com a humanização. Queremos um SUS fortalecido em seu processo de pactuação democrática e coletiva. Enfim, queremos um SUS de todos e para todos.

Este documento é produto da contribuição de muitos que têm

se envolvido na proposição e implementação da Política Nacional de Humanização (PNH). O Ministério da Saúde entende que tem a responsabilidade de ampliar esse debate, promover o envolvimento de outros segmentos e, principalmente, de tornar a humanização um movimento capaz de fortalecer o SUS como política pública de saúde e ampliar as suas diretrizes distinguida no sentido da: 1) Clínica Ampliada; 2) Co-Gestão; 3) Valorização do Trabalho; 4) Acolhimento; 5) Valorização do trabalho e do trabalhador da Saúde do Trabalhador; 6) Defesa dos Direitos do Usuário; 7) Fomento das grupalidades, coletivos e redes; e 8) Construção da memória do SUS que dá certo.

Na PNH, foram desenvolvidos vários dispositivos que são acionados nas práticas de produção de saúde, envolvendo coletivos e visando promover mudanças nos modelos de atenção e de gestão:

- Acolhimento com Classificação de Risco;

- Equipes de Referência e de Apoio Matricial;

-

...

Baixar como (para membros premium)  txt (6.6 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com