TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Resumo Sobre A Historia De Jaragua

Por:   •  26/5/2013  •  1.406 Palavras (6 Páginas)  •  750 Visualizações

Página 1 de 6

Resumo histórico de Jaraguá

Jaraguá é uma cidade nascida no ciclo do ouro em Goiás, mas a data do início de seu povoamento foi motivo de polêmicas. Enquanto alguns apontavam os anos de 1727 a 1729, outros diziam ser 1731 a 1732, sendo estas datas todas oriundas da oralidade, sem nenhuma comprovação dos fatos.

Nos anos de 1996, o escritor e pesquisador Paulo Bertran lança o livro: Notícia Geral da Capitania de Goiás e a obra publica um documento histórico inédito na historiografia goiana, chamado “Descripção da Capitania de Goyaz e tudo o que nella hé notável te o anno de 1783” encontrado nos arquivos da Biblioteca Nacional no Rio de Janeiro.

Em relação a Jaraguá, o documento diz que o Arraial do Córrego do Jaraguá foi descoberto em 1736 por pretos faiscadores.

Este valioso acervo histórico foi publicado em 20/7/l.783, e encontra-se no terceiro andar Sessão de Manuscritos da Imperatriz Tereza Cristina, sob códice 16.3.2 na Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro, e sua “microfilmagem” na Secretaria Municipal da Educação de Jaraguá, estando à disposição dos interessados para verificação.

Com a exploração das jazidas auríferas iniciou-se o povoamento, surgindo às primeiras habitações, definindo-se as ruas e a construção de uma capela sob a evocação de São José e Nossa Senhora da Penha.

Ao lado da exploração do ouro houve a formação de sítios e fazendas para a produção de alimentos a fim de atender a população daquelas minas. No final do século XVIII já havia no Arraial do Córrego do Jaraguá, engenhos que produziam aguardentes para a comercialização. Nesta época, o Arraial possuiu um considerado crescimento agrícola.

No início do século XIX, em virtude da diversificação da economia, o arraial se encontrava entre os prósperos arraiais da Capitania de Goiás. Viajantes europeus como J.Emmanuel Pohl, August de Saint’Hilaire que visitaram o Arraial, o apontaram como populoso e quase do mesmo tamanho que Meia Ponte (Cabeça do Julgado).

O Arraial do Córrego do Jaraguá, atual Jaraguá, pertencia, ao tempo da “Notícia Geral”, ao Julgado de Meia Ponte. Nascida com a mineração, experimentaria grande crescimento como centro de colonização agrícola do Mato Grosso goiano desde fins do século XVIII.

Em 1833 através do Decreto Nº. 8 de 1º de julho, o Arraial do Córrego do Jaraguá é elevado à categoria de Vila com a mesma denominação.

Pela localização próxima à estrada que conduzia ao Rio de Janeiro e a Capital da Província Vila Boa, Jaraguá era um ponto de passagem para várias direções e, este fator, também colaborou para sua prosperidade. Jaraguá recebeu imigrantes de outras regiões da Província de Goiás, principalmente antigos centros mineradores que entraram em decadência. Isto contribuiu para o desenvolvimento da Vila, pois, os descendentes desses imigrantes tiveram um papel importante na condução da vida econômica, social e política de Jaraguá no decorrer do século XIX.

Em 25 de julho de 1882, a Vila de Nossa Senhora da Penha de Jaraguá eleva-se à categoria de cidade através da resolução 666, emancipando-se de Meia Ponte (Pirenópolis).

No século XX, com o surgimento da “modernidade”, o Governo Federal estabelece metas que visavam a ocupação do Centro-oeste, brasileiro tais como: abertura de novas estradas, abertura da ferrovia no sudeste do estado e a construção de Goiânia a nova Capital do Estado.

A marcha para o oeste, a maior procura de terras agricultáveis, a implantação da Colônia Agrícola Nacional que resultou no surgimento das cidades de Ceres e Rialma e por último, a construção da Capital Federal (Brasília) proporcionaram um impulso desenvolvimentista no município. A produção econômica alterou-se substancialmente, voltando-se mais para a comercialização da produção. Assim, a partir da década de 1940 houve um crescimento urbano significativo.

No início da década de 1960 Jaraguá sentiu os impactos decorrentes da construção da BR-153, mudando o ritmo de seu crescimento, ganhando oportunidades para ocupar o papel de núcleo comercial, dinamizando sua expansão urbana.

No final dos anos 70 a cidade de Jaraguá vê crescer o domínio das máquinas, elevando-a ao título de Capital das Confecções.

O Conselho do Patrimônio Histórico e Artístico de Jaraguá desenvolveu em 2.011, um estudo embasado nos trabalhos do pesquisador goiano Paulo Bertran, visando oficializar uma data de fundação para Jaraguá, visto que a mesma configurava-se nos meios de comunicação constando apenas a data de emancipação política, 1882, quando na verdade, Jaraguá é bicentenária, oriunda do Ciclo

...

Baixar como (para membros premium)  txt (8.9 Kb)  
Continuar por mais 5 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com